Petrópolis, 01 de Fevereiro de 2023.
Matérias >> Poder Executivo Mun. >> Infraestrutura
   
  Concer: Obra na BR-040 ficará pronta no primeiro semestre

Data: 31/03/2009

Concer: Obra na BR-040 ficará pronta no primeiro semestre

 

            As obras do muro de contenção que está sendo erguido para a retirada de uma barreira na BR-040, na altura do km 54, pista sentido Rio de Janeiro, em Pedro do Rio, entrou em sua fase final. De acordo com a Concer, concessionária que administra a via,as obras nunca foram paralisadas e a recuperação do local foi planejada para transcorrer em três fases: projeto, contenção e atualmente terraplenagens. A obra foi iniciada em março do ano passado e a previsão para entrega está agendada para o primeiro semestre deste ano. A Concer também explicou que não haverá nenhuma interdição da estrada, além do trecho que já está em meia pista desde o início da obra.

           

            Quatro tratores, 10 caminhões e 30 homens trabalham para retirar o equivalente a 100 caminhões de terra por dia. O muro de gabião que será colocado no local tem a extensão de cerca de 600 metros e já está pronto a mais de um ano. Uma parede de concreto também está sendo construída para evitar que novos deslizamentos aconteçam.

 

            No dia 4 de janeiro de 2007, após a chuva que castigou os distritos de Pedro dório e da Posse, a queda da barreira interditou o trecho da BR-040 entre o km 53 e 55, sentido Rio de Janeiro. Não houve registros de feridos por causa do deslizamento.

 

            A Concer administra um trecho de 179,7km da BR-040, que vai de Juiz de Fora até o Rio de Janeiro. O contrato de concessão com o governo federal tem duração de 25 anos e foi assinado em 31 de outubro de 1995.

 

Problemas na Estrada União e Indústria

 

Na estrada União e Indústria, na altura da Jacuba, entre os distritos de Pedro do Rio e da Posse, o asfalto está cedendo em uma das curvas mais movimentadas da via e criou um buraco com quase cinco metros de extensão. Ao longo da estrada, mais buracos fazem com que os motoristas sejam obrigados a desviar pela contramão e com isso gerar acidentes com grave consequência.

 

            O motorista Geraldo José Ferreira, 56 anos, aposentado e morador do distrito de Pedro do Rio, definiu o trecho da estrada como “uma bomba pronta para estourar. Se nenhum órgão público, qualquer um, não tomar uma medida, os acidentes começaram acontecer diariamente. Depois não irá adiantar pedir desculpas para as famílias que perderem algum ente querido por causa de um buraco na pista”, afirmou revoltado.

 

 

Fonte: Diário de Petrópolis – 24 de março de 2009.

Autor: Leandro Rabelais




 

 

DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS