Petrópolis, 17 de Junho de 2019.
Matérias >> Legislação >> Leis do Sistema Orçamentário (PPA, LDO, LDA)
   
  LDO e propostas de emendas serão votadas por vereadores na terça-feira, dia 12

Data: 10/07/2016

 

Orçamento da prefeitura será de R$ 902 mi

LDO e propostas de emendas serão votadas por vereadores na terça

Eric Andriolo - Diário de Petrópolis

 


A Câmara Municipal votará a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) na terça-feira (12), e vai decidir como deverá ser gasto um orçamento estimado em R$ 902,7 milhões em 2017. Essa estimativa vem com uma boa notícia: a quantia é cerca de 6% maior do que o valor deste ano – R$ 851 milhões.

O resultado positivo vem mesmo com a queda da arrecadação dos últimos três anos, de acordo com a análise financeira feita por técnicos da Câmara aponta que. Os cálculos mostram que o município arrecadou 20% menos neste período, o que corresponde a uma perda de quase R$ 200 milhões. A análise da Câmara também destacou o déficit na previdência dos servidores, que já acumulou R$ 26 milhões nos últimos três anos.

A LDO já foi aprovada na Câmara em uma primeira discussão na última quarta-feira (06). O projeto que estabelece as diretrizes para a elaboração da Lei Orçamentária do ano de 2017 tem com base o Plano Plurianual (PPA) 2014-2017.

– São dados que precisarão ser analisados detalhadamente antes de votação do Orçamento, que deve ser feita antes do fim do ano – disse o presidente da Câmara, Paulo Igor (PMDB).

Na quarta, será a votação das sugestões de emendas à LDO, que podem garantir verbas para programas do interesse dos parlamentares. Entre as propostas apresentadas pelos vereadores estão: a elaboração e implementação do Plano de Mobilidade Urbana; incentivos fiscais para clinicas veterinárias que disponibilizem atendimento de emergência para animais; ações para desenvolvimento econômico de forma sustentável, incluindo atividades artesanais; alterações para dar mais transparência às ações do executivo; criação de programa para garantir a manutenção periódica de escolas, entre outras propostas.

A análise da Câmara também alertou para uma possível ameaça ao amento das receitas. Se a inflação continuar alta, pode neutralizar o valor maior obtido pela prefeitura. Este ano, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) acumula 4,42%, mas a estimativa é de que chegue a 6,5% ao fim do ano. Se isso se confirmasse, o orçamento ficaria, na prática, do mesmo tamanho do de 2016.




 

 

Área do Município: 795.798 km²
População estimada (2013): 297.888 habitantes (95% alfabetizada)
Densidade Demográfica (2013): 371,85 habitantes/km²
PIB (2011): R$ 9.212.328.000,00 (R$ 30.925,47 per capta)
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (2010): 0,745 (13º dentre 92 no RJ)
Fonte: IBGE
DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS