Petrópolis, 18 de Novembro de 2019.
Matérias >> IPGPar: Plano Estratégico de Petrópolis >> GT6 - Cidadania
   
  íNDICES DE CRIMINALIDADE TÊM QUEDA SIGNIFICATIVA ESTE ANO EM PETRÓPOLIS

Data: 23/10/2019

 

íNDICES DE CRIMINALIDADE TÊM QUEDA SIGNIFICATIVA ESTE ANO EM PETRÓPOLIS

Dados do Instituto de Segurança Pública revelam que houve queda na ocorrência de crimes em Petrópolis, nos primeiros meses do ano, em comparação aos números registrados em 2018. O número de homicídios dolosos, por exemplo, caiu de 27 para 16. Apenas as denúncias de ameaças e os crimes de estelionato aumentaram. Também diminuíram os casos de estupro, que preocupavam as autoridades. Os dados do ISP levam em consideração os casos registrados nas delegacias do Retiro e de Itaipava. O relatório do ISP destaca também que a polícia fez 754 apreensões de drogas, um recorde, comparado aos números dos últimos 10 anos.

 
Índice de criminalidade cai e polícia alcança recorde na apreensão de drogas

LUANA MOTTA - Redação Tribuna


O índice de registros de apreensões de drogas no município aumentou 44,4% neste ano. Dados do Instituto de Segurança Pública (ISP/RJ) divulgados ontem, mostram que de janeiro a setembro foram feitas 754 apreensões. Este é o maior número de registros de apreensões no acumulado destes nove meses, nos últimos dez anos. O índice de homicídios dolosos teve uma redução comparado a estes nove meses do ano passado, em 2018 foram 27 registros e neste ano, 16.
O crime de estupro teve uma redução de 14,4% nos registros, em 2018 foram 118 casos e 2019, foram 101. O índice de letalidade violenta também teve uma queda, enquanto em 2018 foram 30 registros, em 2019 foram 19, no período até setembro. O índice de letalidade violenta compreende homicídio doloso, morte por intervenção de agente do Estado, latrocínio (roubo seguido de morte) e lesão corporal seguida de morte.
Já os registros de crime de estelionato tiveram um aumento de 4,9%, foram 389 casos, comparado a 2018, quando foram 371. Os registros de crime de ameaça em 2019 foram 1.167, e em 2018, 1.131, o que representa um aumento de 3,2%. Os dados do ISP levam em consideração os registros feitos nas duas delegacias da cidade, 105 ª (Retiro) e 106 ª (Itaipava).
No mês de setembro os crimes que tiveram aumento no número de registros comparado a setembro do ano passado, foram o de ameaça (19,4%) e estelionato (12 a mais do que no mês de setembro de 2018). Os crimes de furto e roubo também tiveram menor registro em setembro, foram menos 19,6% registros de furtos comparado a setembro do ano passado. E menos 22 roubos comparado ao mesmo período. Os dados do Instituto levam em consideração os registros de ocorrência feitos nas delegacias de Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro.
 

 




 

 

Área do Município: 791.144 km² (2018)
População estimada (2019): 306.191 habitantes (97,4% alfabetizada)
Densidade Demográfica (2010): 371,85 habitantes/km²
PIB (2016): R$ 12.690.967.000,00 (R$ 42.564,57 per capta)
IDH Mun. (2010): 0,745 (13º/92 no RJ) - Mort. Infantil: 10,97 óbitos/mil nasc. (2017)
Fonte: IBGE
DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS