Petrópolis, 19 de Agosto de 2017.
Matérias >> Observatório Social de Petrópolis - OSPetro
   
  LICITAÇÃO PARA EMPRESA DE COLETA DE LIXO É ADIADA, MAS PREFEITURA GARANTE SERVIÇO

Data: 04/07/2017

 

LICITAÇÃO PARA EMPRESA DE COLETA DE LIXO É ADIADA, MAS PREFEITURA GARANTE SERVIÇO

Janaina do Carmo / Tribuna de Petrópolis

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) determinou que a Prefeitura adiasse a licitação para contratação da nova empresa que ficará responsável pela coleta de lixo na cidade.
O órgão alegou “falta de tempo hábil” para analisar o edital que chegou ao TCE no dia dois de junho.
O certame seria realizado na manhã de ontem. O documento está sendo analisado pelo Ministério Público de Contas e, depois, será encaminhado para um dos conselheiros do TCE, que será responsável pela relatoria e por levar o mesmo ao plenário. Só depois da liberação pelo Tribunal uma nova data para a licitação pode ser marcada pela Prefeitura.
 

Licitação de empresa da coleta de lixo é adiada

Diário de Petrópolis

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A licitação para a contratação de empresa responsável pela coleta de lixo em Petrópolis, que seria realizada ontem (3), foi adiada a pedido do Tribunal de Contas do Estado (TCE), que pediu mais tempo para poder analisar o edital. Em nota enviada ao Diário, no entanto, a Prefeitura assegurou a manutenção do serviço, afastando a possibilidade de “caos” e “irregularidades” na coleta.

A concorrência prevê valor global (o máximo que pode ser contratado, se todos os serviços que estão no processo licitatório forem realmente utilizados) de R$ 45 milhões, com duração de 12 meses. O modelo de licitação irá escolher a empresa que oferecer o menor preço.

Entre as responsabilidades da nova empresa, está o serviço de coleta manual e conteinerizada de resíduos sólidos urbanos, operação de estação de transbordo e transporte ao aterro sanitário; a coleta de resíduos volumosos; a remediação, monitoramento e encerramento do aterro sanitário de Pedro do Rio e a destinação dos resíduos em aterro. Além disso, o contrato prevê também que a empresa possa realizar o serviço de capina e roçagem de vias urbanas.

Hoje, o serviço é feito por meio de um contrato emergencial com as empresas Força Ambiental (que faz a coleta) e PDCA (que faz o transporte para o aterro sanitário de Pedro do Rio). Isso aconteceu em no início de janeiro, após a antiga empresa, a Locar, ter rompido o contrato, alegando dívidas da ordem de R$ 11,9 milhões.

A Força Ambiental passou a fazer outros serviços que eram realizados pela Comdep, como o recolhimento de entulho, capina e roçada.

A Prefeitura alega que, com a nova empresa, a média diária de coleta de lixo aumentou 47,3% em relação ao ano passado, levando 68,5 mil toneladas de lixo domiciliar recolhido e transporte para o aterro sanitário de Pedro do Rio. De acordo com dados do governo municipal, foram recolhidas 54,2 mil toneladas de entulho e 26 mil toneladas de lixo verde pela empresa.




 

 

Área do Município: 795.798 km²
População estimada (2013): 297.888 habitantes (95% alfabetizada)
Densidade Demográfica (2013): 371,85 habitantes/km²
PIB (2011): R$ 9.212.328.000,00 (R$ 30.925,47 per capta)
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (2010): 0,745 (13º dentre 92 no RJ)
Fonte: IBGE  
DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS