Petrópolis, 14 de Outubro de 2019.
Matérias >> Artigos
   
  Está melhorando, mas pode piorar... - Bernardo Filho

Data: 22/09/2019

 

Está melhorando, mas pode piorar...

Bernardo Filho - Advogado e Jornalista

 

Dom Pedro II, um visionário, com imensa capacidade de percepção dos escuros lados da política. Uma pessoa que, quanto mais se sabe sobre ele, mais o admiramos, ensinava: “imprensa se combate com imprensa”.

Por suposto, ninguém da imprensa gosta que se repita a frase. Os melindres são grandes. Mas quantas vezes você já viu a imprensa reconhecer um erro de posicionamento e se retratar (se retratar de uma notícia, várias vezes, mas de uma postura política equivocada?).

Um exemplo claro aconteceu semana passada: “governo contra promessas de campanha, quer criar a CPMF”; após desmentido oficial, esta imprensa, no dia seguinte cria nova manchete: “sem CPMF país perde 180 bi”. Agora só falta criar uma manchete: “Está melhorando mas pode piorar”.

Na falta de munição efetiva o vamos tentar “lacrar” supre a ausência de equilíbrio e bom senso. A mentira substituiu a notícia. O militante político, que finge fazer jornalismo sério, é a patifaria ideológica sobra do rescaldo dos últimos 25 anos da esquerda no poder.

A imprensa aparelhada, não aceita um governo disruptivo. É insuportável a eles viverem fora da redoma do sectarismo a que o PT e Lula os submeteu. Se lhes tirarem a pauta do “Lula Livre” o que lhes resta?... Tampouco eles sabem.

Como disse semana passada, falta a Bolsonaro um olhar a mais ao social. Caso isto aconteça, zera o discurso da esquerda. Um discurso que nos últimos 9 meses tem se mostrado inócuo. Tentaram com criações de crises palacianas, demissões e trocas de ministros, invasões em mensagens, com ataques à Amazônia, com o endossar de estapafúrdias idéias de estrangeiros sobre o Brasil. Mas o teflon de Bolsonaro é de boa qualidade.

É público e notório que em condições normais de temperatura e pressão (sem querer plagiar Boyle-Mariotte) levaremos uns 20 anos para desmontar o aparelhamento levado a efeito nos bancos universitários e nas cadeiras das redações desta imprensa.

Para concluir, uma frase sobre nossos artistas e intelectuais, mas que serve como uma luva para nossa atual grande imprensa, formulada pelo falecido economista e diplomata Roberto Campos e encontrada na sua obra “Lanterna de Popa”: “É divertidíssima a esquizofrenia de nossos artistas e intelectuais de esquerda: admiram o socialismo de Fidel Castro, mas adoram também três coisas que só o capitalismo sabe dar – bons cachês em moeda forte, ausência de censura e consumismo burguês. São os filhos de Marx numa transa adúltera com a Coca-Cola.” Uma excelente semana a todos nós.




 

 

Área do Município: 795.798 km²
População estimada (2013): 297.888 habitantes (95% alfabetizada)
Densidade Demográfica (2013): 371,85 habitantes/km²
PIB (2011): R$ 9.212.328.000,00 (R$ 30.925,47 per capta)
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (2010): 0,745 (13º dentre 92 no RJ)
Fonte: IBGE
DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS