Petrópolis, 24 de Agosto de 2019.
Matérias >> Cidade >> Notícias
   
  Lei que reduz salários do Executivo e Legislativo para 2021 em Arcos é sancionada

Data: 05/06/2019

 

Lei que reduz salários do Executivo e Legislativo para 2021 em Arcos é sancionada

Lei foi sancionada nesta segunda (3) e deve valer até 2024.

 

Por G1 Centro-Oeste de Minas

03/06/2019 11h54 Atualizado há um dia

 

O Prefeito de Arcos, Denílson Teixeira (MDB), sancionou nesta segunda-feira (3) a lei que reduz em 80% o salário dos vereadores, 50% para prefeito e vice-prefeito, e 20% os salários dos secretários. A redução passa a valer a partir de 2021 e deve se estender até 2024.

Durante uma coletiva nesta segunda, para tratar do assunto, o prefeito disse que “o momento requer sacrifícios”, e falou ainda da dívida de Minas Gerais com o município.

“O Estado tem uma dívida com Arcos na casa de R$18 milhões, e ele Governo já prometeu de pagar em 30 parcelas, a partir de julho de 2020”, pontuou Teixeira.

O projeto que diminui os salários no Executivo deu entrada no Legislativo em fevereiro, mas só foi votado na segunda-feira (27). Na ocasião, os parlamentares também votaram e aprovaram a proposta que prevê a redução de 80% dos salários para vereadores na cidade.

 

Valores


Atualmente, os vereadores recebem a quantia de R$ 6.149,21. Com a aprovação do Projeto de Lei, os parlamentares que ingressarem no Legislativo no próximo ano irão receber a quantia de R$ R$ 1.229,84.

Para o Executivo, os valores ficaram definidos da seguinte forma: o salário para o cargo de prefeito, segundo Portal da Transparência da Prefeitura, é de R$ R$ 24.224,41. A partir de 2021, o valor pago será de R$ R$ 12.112,20. O vice-prefeito recebe neste ano a quantia de R$ R$ 6.458,90. Para ano que vem, o valor pago será de R$ 5.167,12.

Atualmente os secretários municipais recebem R$ 7.975,66. Em 2021, o valor pago será de R$ 6.380,52. Segundo a Câmara, os novos valores irão valer até 31 de dezembro de 2024.




 

 

Área do Município: 795.798 km²
População estimada (2013): 297.888 habitantes (95% alfabetizada)
Densidade Demográfica (2013): 371,85 habitantes/km²
PIB (2011): R$ 9.212.328.000,00 (R$ 30.925,47 per capta)
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (2010): 0,745 (13º dentre 92 no RJ)
Fonte: IBGE
DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS