Petrópolis, 17 de Julho de 2018.
Matérias >> Conselhos Municipais >> COMTUR/FCTP
   
  Comtur debateu falta de vagas para ônibus de turismo

Data: 11/09/2014

Comtur debateu falta de vagas para ônibus de turismo

Tribuna de Petrópolis, 11 de Setembro de 2014

 

A reunião do Conselho de Turismo (Comtur) foi realizada ontem e, entre as pautas, debateu o problema de estacionamento dos ônibus de turismo no município. 

 

A reunião do Conselho de Turismo (Comtur) foi realizada ontem e, entre as pautas, debateu o problema de estacionamento dos ônibus de turismo no município. Só na última semana, a Associação de Guias recebeu 22 reclamações relacionadas a multas de ônibus aplicadas por estacionamento irregular – problema que acontece devido à falta de local apropriado para a parada dos ônibus. Atualmente, Petrópolis conta com 13 vagas para embarque e desembarque e oito para estacionamento dos ônibus de turismo.

André Luiz do Amaral, relações públicas da Associação de Guias, relatou que as empresas de turismo consideram tirar o município do roteiro por causa do problema. Outra situação que foi exposta na reunião diz respeito à invasão de flanelinhas que sobem da baixada às sextas-feiras e ficam durante todo o fim de semana, chegando a cobrar R$ 10,00 para a parada dos carros. 

“Até em locais que têm placas de proibido estacionar, os flanelinhas indicam a parada. Já procuramos a Guarda Municipal que informou que o problema não é com eles, fomos à CPTrans (Companhia de Desenvolvimento de Petrópolis) que disse a mesma coisa”, relatou André, lembrando, ainda, que o problema de falta de fiscalização nos dias de semana acarreta em multas aos ônibus de turismo.

“Isto acontece porque, atualmente, recebemos de 10 a 12 ônibus de turismo todos os dias. Onde é que eles vão parar se nas vagas dos ônibus têm carros estacionados irregularmente? Aí, acabam parando em vaga de rotativo e são multados. Em muitos desses casos acionamos a CPTrans para providenciar o reboque, mas nunca tivemos uma resposta efetiva da companhia”, relatou André.

Duas possibilidades para a resolução do problema da parada de ônibus foram apontadas. A primeira diz respeito a estacionar os ônibus em toda a extensão da calçada em frente ao Museu Imperial –  será estudada a viabilidade. Já a segunda, que foi descartada na reunião, é sobre a possibilidade de estacionar no entorno da Catedral, como era feito anos atrás.  

Representante da CPTrans, Márcia Kraus informou que estacionar no entorno do Catedral pode causar problemas estruturais à igreja e, por isso, a possibilidade foi descartada pela Prefeitura. No entanto, uma das soluções apontadas na reunião, que é a troca das placas de embarque e desembarque para estacionamento, é viável. “Em relação à falta de fiscalização, temos um problema muito grande de efetivo”, contou.

Hoje, uma reunião entre membros do Comtur e o 26º Batalhão será realizada com intuito de buscar soluções efetivas para o policiamento em áreas como o entorno da Catedral, onde às associações vêm recebendo denúncias de assaltos a turistas. Apesar de convidado para a reunião, o comandante Marcelo Quinhões não compareceu. 

Participaram da reunião representantes da Coopetur, Firjan, PC&VB, C E J A, Sebrae, Casa dos Conselhos, SMADS, Mitra, Clube 29 de Junho, Museu Imperial, Secretaria de Segurança, APA Petrópolis, Secretaria de Ciência e Tecnologia, Secretaria de Educação, IHP, UCP, Setrac, ASCOM PMP, SPE PMP, Secretaria de Obras, CDL, CEFET, ABIH e Guarda Civil.

 




 

 

Área do Município: 795.798 km²
População estimada (2013): 297.888 habitantes (95% alfabetizada)
Densidade Demográfica (2013): 371,85 habitantes/km²
PIB (2011): R$ 9.212.328.000,00 (R$ 30.925,47 per capta)
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (2010): 0,745 (13º dentre 92 no RJ)
Fonte: IBGE  
DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS