Petrópolis, 26 de Fevereiro de 2020.
Matérias >> Utilidade Pública >> Custo de Vida do Município
   
  Chip da Ampla provoca aumento no consumo

Data: 17/12/2008

O Instituto de Meteorologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro) apresentou, resultado parcial de estudo que revela diferença de até 1.533,64% a mais na medição de consumo de energia elétrica dos clientes da Concessionária Ampla.

 

Durante três meses, o Inmetro comparou o registro do consumo de energia de medidores da Ampla com o de aparelhos aferidos pelo próprio instituto em 1,3 mil residências de Niterói, São Gonçalo, Magé e Duque de Caxias.

 

Desde a mudança do modelo de medidor da concessionária, que passou a ser um chip eletrônico, diversos consumidores passaram a reclamar do aumento do valor as conta de luz. Entre os anos de 2005 e 2007, a Ampla instalou 300 mil chips no Estado do Rio.

 

O estudo do Inmetro registrou ainda que cerca de 5% dos aparelhos da Ampla testados apresentaram algum tipo de erro. Também foram constatados erros de registros abaixo do consumo real, sendo 297,74% a maior diferença, registrada no município de São Gonçalo.

 

 

Fonte: Diário de Petrópolis – 11 de dezembro de 2008.




 

 

DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS