Petrópolis, 29 de Fevereiro de 2024.
Matérias >> Gestão Participativa e Transparência >> Conselhos Municipais
   
  Entidades comunitárias se entendem e elegem seis representantes no ConSaúde

Data: 01/09/2009

Entidades comunitárias se entendem e elegem seis representantes no ConSaúde

 

 

 

 

            A secretária de Saúde, Aparecida Barbosa, deixou a Conferência Municipal de Saúde, no sábado, parabenizando as duas entidades comunitárias da cidade – Federação das Associações dos Moradores de Petrópolis – pela união em prol da unidade do movimento comunitário. A união das duas entidades evitou uma disputa acirrada no momento da eleição para os membros do Conselho Municipal de Saúde (ConSaúde). Com isso, cada um elegeu três representantes.

            Um dos avanços na eleição para o ConSaúde foi a eleição da Mitra Diocesana e a Oficina de Jesus, projeto desenvolvido pelo padre Quinha, que atende pessoas com dependência química. A Cia. Dos Animais, que disputava uma das cadeiras, assim como a Associação Petropolitana de Estudantes (APE), acabaram derrotadas nos acordos feitos entre as entidades. Para o presidente da APE, Diego Vieira, foi uma grande derrota, pois segundo ele, tudo levava a crês que a Associação seria eleita junto com a Mitra.

            Representando os sindicatos, foi eleito o Sindicato dos Empregados do Comércio de Petrópolis para o ConSaúde e, segundo algumas pessoas, um dos motivos foi o trabalho que a entidade realiza na área de saúde, mantendo diversos serviços para os trabalhadores. O sindicato dos Médicos, representado por seu presidente, Mauro Peralta, não foi eleito, ao contrário do Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio de Janeiro (Cremerj), que conquistou uma vaga no ConSaúde.

 

 

 

Fonte: Tribuna de Petrópolis, 1 de setembro de 2009.




 

 

DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS