Petrópolis, 01 de Outubro de 2020.
Matérias >> IPGPar: Plano Estratégico de Petrópolis - PEP20 >> GT6 - Cidadania
   
  Registros de crimes nas delegacias de Petrópolis caem 19% após início da pandemia do Covid-19

Data: 26/04/2020

 

Registros de crimes nas delegacias de Petrópolis caem 19% após início da pandemia do Covid-19

Janaina do Carmo - Redação Tribuna de Petrópolis


As medidas de restrições adotadas pelos governos Municipal e Estadual para tentar impedir o aumento dos casos do novo coronavírus, impactaram diretamente nos registros de ocorrências de crimes nas delegacias de polícia. De acordo com dados do Instituto Estadual de Segurança Pública (ISP) do Estado do Rio de Janeiro, divulgados esta semana, entre fevereiro e março houve uma queda de cerca de 19% nos boletins registrados na 105ªDP (Retiro) e 106ªDP (Itaipava).

O isolamento social começou em Petrópolis no dia 13 de março e desde então as unidades policiais estão funcionando em esquema especial, atendendo presencialmente apenas casos urgentes. Boa parte das ocorrências estão sendo registradas pelo site da Polícia Civil. Para o ISP, o distanciamento social ajudou na redução da criminalidade, mas também pode ter resultado em uma subnotificação dos crimes.

De acordo com os dados do ISP, em março as duas delegacias registraram 607 ocorrências. Em fevereiro, foram 752 boletins. Em janeiro, o número foi ainda maior, foram 867 registros de crimes, ou seja, uma queda de cerca de 30% em relação a março.

Também houve redução na quantidade de prisões em flagrante e nas apreensões de drogas. Em março, foram 44 flagrantes. No mês anterior, as delegacias registraram 85 prisões deste tipo. Já em janeiro, foram 88 registros. As apreensões de entorpecente tiveram uma queda significativa neste período: foram 90 em janeiro, 65 em fevereiro e apenas 53 no mês de março.

 

Estupro e homicídio tiveram aumento durante o isolamento social

De acordo com os dados do Instituto Estadual de Segurança Pública (ISP) do Estado do Rio de Janeiro, divulgados esta semana, dois crimes tiveram aumento neste período de isolamento social devido a pandemia do Covid-19. Os casos de estupros e homicídios dobraram em um mês na cidade. Em março, as duas delegacias de polícia de Petrópolis – 105ª (Retiro) e 106ª (Itaipava), registraram 10 crimes de violência sexual. Em fevereiro foram cinco. Já os assassinatos, foram dois em março. No mês anterior não foram registrados homicídios.




 

 

DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS