Petrópolis, 18 de Maio de 2021.
Matérias >> Eleições 2016
   
  MAIS POBRES DEPOIS DE 4 ANOS EXERCENDO CARGOS IMPORTANTES

Data: 29/08/2016

 

MAIS POBRES DEPOIS DE 4 ANOS EXERCENDO CARGOS IMPORTANTES

Por: Redação Tribuna de Petrópolis

 

A legislação eleitoral há muito tempo determina que os candidatos no ato de registro de suas candidaturas apresentem a relação de bens e sempre chama atenção alguns dados, apesar dos candidatos afirmarem que os dados enviados ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) são os mesmos que constam em suas declarações de Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF). Entre os atuais vereadores chama atenção o fato de que, o Pastor Sebastião e Vadinho apresentar redução nos valores declarados, ao contrário de Anderson Juliano, Paulo Igor e Maurinho Branco, que sofreram aumento de 2012 para 2016.

Entre os candidatos a prefeito, tirando o fato do candidato do PT, Yuri Moura não ter registrado nenhum bem em 2012 quando foi candidato a vereador e agora como candidato a prefeito. Os candidatos Sérgio Mattos (PPS) e Vinicius Mayo (PSOL) não foram candidatos em 2012 e por isso não é possível fazer as comparações com dados informados em eleições passadas.

Chama atenção o fato do prefeito Rubens Bomtempo em 2012 ter declarado bens no valor total de R$ 1.258.121,51 e agora apenas R$ 131.565,82. Procurado, o candidato respondeu que “a redução informada na declaração de bens está devidamente declarada à Receita Federal”.

Já o candidato do PMDB, Bernardo Rossi em 2012 havia declarado um total de bens no valor de R$ 614.733,16 e agora, R$ 759.275,07. Ele também respondeu que “as declarações encontram-se disponíveis no site do TSE. Os valores reproduzem as informações prestadas à Receita Federal, no Imposto de Renda, documento obrigatório e apresentado anualmente por ocupantes de cargos públicos”.

O vereador Paulo Igor, com relação a sua declaração de bens, informou que todos os dados constam no seu imposto de rende entregue a Receita Federal. Mesmo assim chama atenção o fato de que, em 2012 declarou a Justiça Eleitoral ter um total de bens no valor de R$ 33.120,52 e agora sua declaração foi de R$ 368.950,46. No entanto, entre os vereadores, o que se destaca é a declaração de bens do vereador Anderson Juliano, que em 2012 era de R$ 266.478,02 e em quatro anos passou para R$ 707.310,82. 

 

Mas, em compensação, o vereador Pastor Sebastião e o vereador Osvaldo do Vale (Vadinho) registram uma queda em suas declarações de bens. O pastor que, em 2012 havia declarado R$ 94 mil, para o atual pleito apresentou uma declaração de bens no valor total de R$ 75 mil. O vereador Marcos Montanha em 2012 não fez nenhuma declaração de bens e para o pleito deste ano, apresentou uma declaração com valor total de R$ 100.720,55. 




 

 

DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS