Petrópolis, 07 de Março de 2021.
Matérias >> Eleições 2016
   
  Segundo Turno Propostas de Bernardo Rosse e Rubens Bomtempo para turismo, cultura e rede hoteleira

Data: 17/10/2016

 

Segundo  Turno

Propostas de Bernardo Rosse e Rubens Bomtempo para

turismo, cultura e rede hoteleira

 

Candidatos que disputam o 2º turno à prefeitura, Bernardo Rossi e Rubens Bomtempo apresentam as ideias para as áreas

Rômulo Barroso - romulobarroso@diariodepetropolis.com.br

 

O segundo turno acontece em duas semanas. No dia 30 de outubro, Bernardo Rossi (PMDB) e Rubens Bomtempo (PSB) repetem o mesmo confronto de quatro anos nesta mesma fase da eleição.

Durante todo o primeiro turno e agora, no segundo, o Diário questionou os candidatos sobre as propostas para diversas áreas: economia, educação, saúde, área social, obras e serviços públicos. Essa semana, os candidatos foram questionados sobre três áreas relacionadas: turismo, cultura e rede hoteleira. Veja quais são as ideias deles.

 

Turismo

Bernardo Rossi diz que a cidade “tem vocação natural para o turismo”, mas que precisa de infraestrutura para atrair visitante e garantir a permanência dele por aqui.

– Petrópolis é o quinto destino mais procurado do estado e tem vocação natural para o turismo, mas hoje o empresário caminha sozinho, sem a ajuda do poder público que precisa oferecer a infraestrutura para aumentar número de visitantes e sua permanência na cidade. Temos um leque de opções para os visitantes com turismo cultural, de compras, gastronômico, religioso e eco rural – afirma.

Ele promete que fará divulgação de Petrópolis em todo país, de forma maciça; criará uma programação que atraia o turista a ficar mais dias na cidade; vai reestruturar o “Roteiro Noturno”; construir uma arena multiuso e realizar eventos nela; além de fortalecer os pólos de moda da Rua Teresa, Bingen e Feirinha de Itaipava como atrativos turísticos.


Rubens Rubens Bomtempo ressalta que Petrópolis teve avanços na área, e usa como argumento a Bauernfest e o Índice de Competitividade do Turismo Nacional.

– Nos últimos anos, trabalhamos muito para ampliar e requalificar o calendário de eventos, além de intensificar a divulgação da cidade. Os avanços no turismo são claros: só para se ter uma ideia, a Bauernfest recebeu, neste ano, 320 mil pessoas, movimentando mais de R$ 40 milhões na economia local. Capacitamos os profissionais e consolidamos o ecoturismo, fazendo a cidade ser premiada pelo avanço no Índice de Competitividade do Turismo Nacional: hoje, somos o 16º destino mais competitivo do Brasil – coloca.

Entre as propostas dele estão focar os investimentos do setor nos distritos, principalmente Itaipava. Ele também quer aprimorar o calendário de evento, aproveitando o Centro de Convenções construído no Hotel Clarion. A campanha #SomosTodosPetrópolis será fortalecida, promete o candidato. Os planos ainda incluem concluir o aterramento dos fios na Rua do Imperador.

 

Cultura

O candidato da oposição comenta a cidade precisa ter investimento no sentido de oferecer acesso a cultura pelo morador de Petrópolis.

– Petrópolis é rica em belezas naturais, história e cultura. Mas ainda precisa investir mais na cultura para o próprio morador e tornar o segmento mais um atrativo para os nossos visitantes. A cidade respira cultura e deve valorizar tantas manifestações artísticas que têm na música, dança, artes plásticas, cênicas, literatura, entre outras, com incentivo e apoio para que os artistas se expressem – comenta.

Entre as propostas estão revisar o Plano Municipal de Cultura, incluindo programas de incentivo de investimentos. Também quer reformar o Centro de Cultura e o Theatro Dom Pedro. Por fim, também fala em apoiar o “Canta Petrópolis” e outras iniciativas culturais da cidade.


O peessebista destacou ações realizadas nos últimos quatro anos, que, segundo ele, valorizaram os artistas locais e o acesso da população a cultura.

– Trabalhamos muito nos últimos anos para dar uma nova cara à cultura em Petrópolis. Revitalizamos o Centro de Cultura Raul de Leoni, valorizamos as manifestações artísticas e democratizamos o acesso da população à cultura. Hoje, priorizamos os artistas da cidade e trabalhamos para fortalecer cada vez mais o Sistema Municipal de Cultura, composto por Conselho, Fundo e Plano Municipal de Cultura – ressalta.

Ele diz que continuará investindo nesse sentido, por exemplo, digitalizando o acervo Histórico Municipal. Ele também fala em fomentar iniciativas da cultura popular, ampliar o “Passaporte Cultural” e estender o programa “Ciranda das Artes”. Ainda coloca intenção de continuar recuperando praças e quadras da cidade.

 

Rede hoteleira

Para o peemedebista, Petrópolis pode ampliar o número de leitos e manter a lotação alta de costume.

– Temos mais de 5,6 mil leitos distribuídos em 109 meios de hospedagem, a maior parte pousadas, mas também hotéis, três resorts, quatro spas e cinco hostels. E a ocupação de todos estes espaços chega a 100% na alta temporada. Mas, Petrópolis tem capacidade para atrair mais visitantes e ao longo do ano inteiro e não apenas no inverno – coloca.

Segundo ele, primeiro é preciso consolidar um calendário de evento que possa atrair visitante o ano todo. A partir disso, pretende firmar parceria com o Senac para oferecer capacitação de profissionais do ramo.

Para o candidato a reeleição, “fortalecer a cultura e o turismo é fortalecer também a rede hoteleira”.

– Trabalhamos para enriquecer o calendário de eventos e melhorar a infraestrutura da cidade, estimulando, assim, o crescimento da rede hoteleira e investimentos significativos nos meios de hospedagem. Um exemplo de ação neste sentido foi a obra de revitalização do Centro Histórico, que estimulou a abertura de novos hotéis, o Grande Hotel, por exemplo) e alavancou o crescimento da rede: hoje, Petrópolis dispõe de 6.426 leitos, número mais de 40% maior do que o registrado na época – comenta.

Bomtempo diz que vai estimular a construção de novos hotéis via parcerias público-privadas. Ele fala em investir em diferentes frentes turísticas, o que vai atrair diversos públicos para Petrópolis. Melhorias nos acessos aos hotéis, com na ponte em Bonsucesso, também estão entre os planos.

 

Assunto

Bernardo Rossi (PMDB)

Rubens Bomtempo (PSB)

Turismo

“Em nosso governo, o setor vai receber a atenção que merece. Com uma arena multiuso, divulgação em todo o país e apoio para todos os segmentos turísticos é possível ampliar e consolidar o Turismo. Vamos divulgar Petrópolis, maciçamente, nos portos, aeroportos, feiras e encontros de divulgação turística, além de incluí-la em roteiros culturais e turísticos do Rio de Janeiro. Mas também é preciso estimular a permanência do turista com atrativos e programação. Vamos promover e reestruturar o "Roteiro Noturno” e construir uma Arena Multiuso, resgatando a realização de todo tipo de evento. Também vamos resgatar e fortalecer, junto com os empresários, os polos de moda da Rua Teresa, Bingen e Feirinha de Itaipava, importantes atrativos para o turismo”

“Agora, vamos focar os investimentos nos distritos, principalmente em Itaipava, que cresceu muito na última década e, por isso, precisa de investimentos para que o turismo cresça com qualidade. Vamos aprimorar o calendário de eventos na região, aproveitando, inclusive, a estrutura do novo Centro de Convenções construído no Hotel Clarion com incentivos do município. Vamos apoiar a criação de novos produtos turísticos-culturais. Entre as nossas propostas também está seguir no trabalho de sensibilização sobre a importância do turismo da cidade, com o fortalecimento da campanha #SomosTodosPetrópolis. O cuidado com a conservação da cidade também é outra prioridade, com a conclusão da última etapa das obras de revitalização da Rua do Imperador, com o enterramento dos fios e a retirada dos postes do lado ímpar Rua do Imperador”

Cultura

“Vamos revisar a lei do Plano Municipal de Cultura, promovendo programas de incentivo para investir em novas ações e atualizar nossos equipamentos culturais, como Centro de Cultura e Teatro Municipal, além da criação de mais espaços como estúdios, auditórios, salas de música, teatro, dança e artes plásticas para incentivar os talentos locais. No Centro de Cultura, por exemplo, além da reestruturação, vamos criar o estúdio de música com equipamentos para a produção de material do artista local. Também vamos garantir apoio a projetos musicais já existentes no cenário local, como o Programa “Canta Petrópolis”, assim como outras iniciativas, festivais de dança, de bandas marciais, música, artes plásticas e cênicas”

“Agora, vamos fortalecer ainda mais o calendário de eventos culturais, apoiando a criação de novos produtos turístico-culturais, ampliando o uso de espaços urbanos para eventos culturais. Entre as nossas propostas está digitalizar o Acervo Histórico Municipal, iniciativa de extrema importância para preservar a memória dos registros históricos. O fomento das iniciativas de cultura popular é outra ideia que temos para os próximos anos. O nosso plano de governo também inclui o apoio à criação de novos produtos turísticos-culturais, a ampliação do Passaporte Cultural, e a extensão do programa Ciranda das Artes para os distritos. Também vamos continuar recuperando praças e quadras, incentivando as manifestações culturais nas comunidades; e fomentando iniciativas de culturas populares e tradicionais da cidade”

Rede hoteleira

“Com um calendário de eventos consolidado, recebendo visitantes o ano todo, podemos ampliar esta oferta incentivando a abertura de mais espaços, e que eles sejam acessíveis a todas as faixas de renda. E podemos, ainda, com programas e projetos unindo empresariado e poder público, fazer com que nosso visitante passe mais tempo na cidade e que ele estenda sua temporada para aproveitar todas as atrações e de todos os tipos. E para garantir que o serviço seja de qualidade, para todos os públicos, vamos criar a Escola Técnica de Hotelaria e Gastronomia em parceria com o Senac, oferecendo capacitação no ramo para ampliar o número de profissionais do setor”

“Com a Lei de Incentivos Fiscais e as parcerias público-privadas, vamos estimular a construção de novos hotéis, ampliando a capacidade receptiva da cidade. Para o próximo governo, continuar investindo na segmentação turística também será outra meta, com a rota cervejeira, o ecoturismo, o turismo de negócios, o turismo religioso, diversificando o fluxo turístico em várias épocas do ano e melhorando a distribuição da ocupação da rede. Também vamos investir na divulgação de novos produtos e atrativos turísticos. O investimento em infraestrutura, melhorando o acesso aos hotéis, também está no plano de governo, principalmente em Itaipava, com a urbanização das ruas que ficam atrás do Parque Municipal – criando uma rota alternativa à Estrada União e Indústria – e a duplicação da ponte de Bonsucesso, desafogando o tráfego na região”

Os textos com as propostas foram enviados pelas assessorias dos candidatos

 




 

 

DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS