Petrópolis, 05 de Junho de 2020.
Matérias >> Os Brados de Petrópolis
   
  O BRADO DE PETRÓPOLIS ANO II Nº 24 - Edição Especial : Pró-Gestão Participativa

Data: 15/12/2015

 

 

FRENTE PRÓ-PETRÓPOLIS: FPP

E-mail: dadosmunicipais@gmail.com

Portal: www.dadosmunicipais.org.br

Sitio: www.ipgpar.org.br

Grupo no Facebook: www.facebook.com/groups/frentepropetropolis

Página no Facebook: www.facebook.com/pages/Frente-PRÓ-Petrópolis/622392747795027?pnref=lhc Canal no YouTube: www.youtube.com/channel/UCla8_OEuNRGN-wsK24klhpQ

Secretariado a cargo do Instituto Philippe Guédon de Gestão Participativa: IPGPar

Endereço: Rua Casemiro de Abreu, 272 – CEP 25.615-000 (Centro) – Petrópolis / RJ

C.N.P.J.: 19.658.341/0001-87

 

 

O BRADO DE PETRÓPOLIS Pró-Gestão Participativa: ANO II - Nº 24 - EDIÇÃO ESPECIAL

Boletim mensal dedicado à prática da Gestão Participativa - 15 de Dezembro de 2015

 

CITAÇÃO

De Fernando Pessoa, citado por José Paulo Cavalcanti Filho, n’O GLOBO de domingo, 6 de dezembro 2015: “O eleitor não escolhe o que quer; escolhe entre isto e aquilo que lhe dão, o que é diferente”. Uma verdade brasileira dita por Fernando Pessoa soa muito mais profunda...

 

1º BRADO DE DEZEMBRO 2015

 

O CAOS FEDERAL E ESTADUAL

Somos municipalistas, pois sem alicerces não há torre que fique em pé; e também porque nenhuma instância além do Município pode praticar a gestão participativa real. Assim, é com profundo sentimento de angústia que testemunhamos os efeitos perversos da insolvência federal e estadual sobre os Municípios. Quem deixou de planejar, cedeu ao improviso messiânico e fracassou, repassa o ônus para o escalão que crê sem defesa. Esquecem, em seu luxo, que as ruas e praças são municipais... Pelo que se lê, vê e ouve, Ministérios e Secretarias Estaduais, Parlamentos, Judiciários, Poderes da União, Estados e DF priorizam os interesses de seus membros, esquecem o país e o povo para pensar no seu próprio segmento. Os RPPS que se escondem detrás do INSS são um bom exemplo, e nos levarão a um beco sem saída. O BRADO saúda as raras exceções, que serão as lideranças de um amanhã renovado.

 

www.dadosmunicipais.org.br/index.php?pg=exibemateria&secao=34&subsecao=0&id=6521&uid=

 

2º BRADO DE DEZEMBRO 2015

 

PPA, LDO e LOA

Enquanto discutem cassações, mandatos e impedimentos, os “representantes do povo” parecem esquecer que correm os prazos de reflexão e voto de PPA 2016/2019, LDO e LOA 2016. Pobre Brasil de mil órgãos e nenhum plano minimamente participativo, onde qualquer ação merece um “Projeto” ou “Programa” e pouco ou nada geram além de novas repartições inúteis, mas dotadas de vida eterna e escombros de obras inacabadas. TAV Rio-São Paulo, Transposição, ferrovia Norte-Sul, despoluição da Baía de Guanabara, recuperação de áreas que sofreram flagelo (Região Serrana Fluminense ontem, Rio Doce hoje), e tantos mais exemplos. Queremos crer que o TCU e os TCEs acompanham a questão.

 

3º BRADO DE DEZEMBRO 2015

 

O VOTO AVULSO E A IMPLOSÃO PACÍFICA DA PARTITOCRACIA

O Senador Paulo Paim apresentou a PEC 016/2015, referendada por mais trinta e um Senadores, propondo a revisão do art. 14, § 3º, V, da Constituição Federal, inciso que exige a filiação partidária de qualquer candidato. E cria, implicitamente, o monopólio de seleção partidária dos candidatos. Curioso: esta prática de monopólio, ou dá cadeia ou dá abraços... Na política, abraços! O BRADO aplaude a iniciativa do Senador Paulo Paim.

 

www.dadosmunicipais.org.br/index.php?pg=exibemateria&secao=34&subsecao=0&id=6491&uid=

 

4º BRADO DE DEZEMBRO 2015

 

COMO CONTRIBUIR COM A PEC 016/2015?

Vamos organizar abaixo-assinados, em papel e digitais, para apoiar a causa da extinção do monopólio eleitoral que só existe em 7% das democracias do mundo... Os mandatários deveriam ser os representantes do povo, mas há desde 88 viraram representantes de suas siglas. Não deve causar pasmo que só se discutam, em Brasília, temas de interesse dos partidos. O povo permanece um detalhe, “de quem emana todo o poder”. Pois sim!

 

5º BRADO DE DEZEMBRO 2015

 

DO CUIABÁ, 2011, À MARIANA, 2015

Na noite de 11 para 12 de janeiro próximo, serão decorridos 5 anos da tragédia do Vale do Cuiabá em Petrópolis, parte do desastre que se abateu sobre a Serra Fluminense. Ao vermos as imagens do devastado Distrito de Mariana e do Rio Doce, não podemos deixar de pensar em Petrópolis. As “providências” continuam as mesmas: sobrevôos, averiguações anunciadas, diluição de responsabilidades, promessas vãs e... solidariedade popular. Soluções? Tímidas. O balanço dos 5 anos cá, dirá à Mariana: “Eu sou você, amanhã”.

 

www.dadosmunicipais.org.br/index.php?pg=exibemateria&secao=24&subsecao=109&id=6519&uid=

 

Para mais detalhes, acessem os “Brados” em nosso portal Dados Municipais:

 

www.dadosmunicipais.org.br/index.php?pg=listasubsecoes&secao=41

 

 

 

Post scriptum

# Sugestões e críticas são bem-vindas!

# Se deseja publicar ou indicar destinatários para o “BRADO”, agradecemos desde já. Neste momento, a nossa lista de e-mails conta com mais de 4.000 nomes. 

# Caso não deseje continuar a receber o “BRADO”, queira nos dizê-lo. Respeitaremos a sua vontade.

 

 

FRENTE PRÓ-PETRÓPOLIS: FPP




 

 

DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS