Petrópolis, 09 de Dezembro de 2022.
Matérias >> Outras Instâncias de Poder
   
  Empresários querem reverter impacto negativo de notícias sobre a chuva

Data: 05/01/2012

Preocupados com o cancelamento de reservas em hotéis e pousadas de Petrópolis – que em alguns deles passou de 40% nos primeiros dias do ano –, empresários do setor se reúnem hoje com o secretário de Estado de Turismo Ronald Ázaro, para buscar formas de reverter o impacto das notícias sobre a chuva na Região Serrana, que vêm afastando turistas de Petrópolis. A cidade, que não teve sua rotina modificada pelas recentes chuvas, conta com 4.700 leitos de hotéis e pousadas – com diárias que no Centro Histórico custam em média R$ 250 e nos distritos são encontradas a partir de R$ 350.  As notícias sobre problemas em cidades da Região Serrana fizeram com que boa parte dos leitos ficasse desocupado, o que pode comprometer a economia do município. Apesar de ainda não dispor de dados exatos sobre os prejuízos provocados por cancelamentos e adiamentos de diárias, a situação já preocupa o Convention&Visitors Bureau de Petrópolis e o Conselho Municipal de Turismo (Comtur).
Presidente eleito do Comtur, Rogério Elmor, que é proprietário da Pousada Bomtempo Resort, conta que entre sábado e terça-feira teve quase metade das reservas canceladas ou adiadas  e já contabiliza um prejuízo de R$ 14 mil, por causa da chuva. “Conversando com outros empresários do setor, percebemos que todos estão passando pela mesma situação. Muita gente está preferindo adiar as reservas. Aqui, tivemos R$ 10 mil em reservas prorrogadas e R$ 4 mil em devolução. As pessoas ligam perguntando como está a situação aqui, nós informamos que a cidade não teve a rotina modificada, que as chuvas não causaram grandes transtornos, mas os clientes estão receosos de vir pra cá. Os cariocas até sobem a serra, mas turistas de outros estados praticamente tiraram a cidade de seu roteiro de férias por causa da chuva na Região Serrana. Nossa intenção é buscar junto ao estado uma estratégia para amenizar o impacto dessas notícias, que não são referentes à nossa cidade”, explica Elmor.
No início do ano passado, notícias sobre a tragédia na Região Serrana, que em Petrópolis foi concentrada apenas na Região do Vale do Cuiabá, fizeram com que hotéis e pousadas tivessem 100% das reservas canceladas. Meses depois, no período de inverno – alta temporada na serra –, os reflexos da tragédia ainda foram sentidos  no turismo. “Tivemos uma queda de 30% no movimento durante o inverno do ano passado, em comparação com o ano de 2010”, conta o presidente eleito do Comtur.
Além de Rogério Elmor, participam da reunião com o representante do estado o presidente da Associação Brasileira de Indústrias de Hotéis, Alfredo Lopes; o conselheiro da ABIH em Petrópolis, Carlos Marins; e o diretor de marketing do Convention Bureau de Petrópolis, Marcelo Florêncio.

Fonte: Tribuna de Petrópolis.




 

 

DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS