Petrópolis, 03 de Março de 2021.
Matérias >> Eleições 2014
   
  Presidente do TSE diz que candidatos que disputam a reeleição têm mais chances

Data: 27/10/2008

 

 

Presidente do TSE diz que candidatos que disputam a reeleição têm mais chances

27/10/2008 07:30 - Atualizado em 27/10/2008 07:30

 

6b8f21932f20090129121457

 

O presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Carlos Ayres Britto (foto), afirmou neste domingo que os políticos que disputam a reeleição têm maior possibilidade de serem eleitos do que os demais candidatos. 

 

Britto disse que um dos "inconvenientes" da reeleição é permitir que os candidatos tenham maior familiaridade e conhecimento com os eleitores –o que por si só se torna uma vantagem perante dos demais.

"Qualquer pessoa percebe que, com a reeleição, a possibilidade de recondução dos próprios chefes do Poder Executivo, quando a reeleição é Executiva, seja dos seus candidatos, essa possibilidade é maior. Até porque o eleitorado tem seus reflexos automáticos", afirmou.

Britto disse que os eleitores, ao passarem oito anos "ouvindo um nome de uma autoridade, de um chefe do Poder Executivo, evidente que se familiarizam com aquilo". Nesse sentido, na opinião do ministro, "há uma certa tendência dos eleitores de reagir de modo não absolutamente, mas relativamente alinhado ao candidato que disputa a reeleição", afirmou.

O presidente do TSE não quis comentar o fato de partidos da base aliada do governo federal terem conseguido eleger a maioria dos candidatos no segundo turno. Mas considerou legítima a participação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva na campanha de seus principais aliados –especialmente em São Paulo.

"O presidente Lula tem direito de participar das eleições, de comícios, e de revelar seu apoio a este ou aquele candidato. O que não é permitido é fazer uma espécie de intervenção casada porque seria uma espécie de chantagem", afirmou.

 

Questionado sobre o fato de Lula não ter conseguido garantir a eleição de Marta Suplicy (PT) à Prefeitura de São Paulo, Britto não quis comentar a derrota da petista. "Não me sinto credenciado para fazer esse tipo de análise", afirmou. 




 

 

DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS