Petrópolis, 13 de Julho de 2020.
Matérias >> Eleições 2014
   
  Candidatos ao governo apresentam propostas para o aumento dos servidores

Data: 19/07/2014

 

 

Candidatos ao Governo do Estado apresentam propostas para o aumento dos servidores públicos

 

Diário de Petrópolis, Sábado, 19 de julho de 2014

 

 

A política de concessão de reajuste salarial que será adotada pelo chefe do Executivo Estadual a partir de 2015 é um tema delicado em qualquer campanha eleitoral e relevante entre os integrantes do quadro de pessoal. Os principais candidatos ao governo do estado avaliam quais propostas podem ser adotadas se eleitos, principalmente, após a sanção de 37 leis que concederam melhorias salariais e têm impacto superior a R$ 480 milhões em 2014.

 

Na avaliação do senador Marcelo Crivella (PRB), os aumentos são "justos e legítimos e, mais que isso, muito aquém do merecimento pelos bravos servidores do nosso estado".

 

– Os reajustes foram concedidos somente este ano, provando ser uma manobra eleitoreira do governador, que integra este governo há oito anos – critica ele. Sobre a situação orçamentária, Crivella informou que, se eleito, as contas do estado "serão examinadas e geridas com transparência e lisura".

 

O deputado federal e ex-governador Anthony Garotinho (PR) declarou que vai renegociar a dívida do estado com o governo federal.

 

– Hoje está em R$ 81 bilhões, com previsão de chegar a R$ 100 bilhões no fim do ano. Não vou tratar o funcionalismo estadual com a desfaçatez do Pezão, de dar aumento na hora do fim do jogo e para o ano que vem. Quase como quem diz "Eu já sei que vou perder e vou deixar para o próximo para pagar" – ataca.

 

O senador Lindberg Farias (PT) informou que o servidor estadual enfrenta "anos de defasagem salarial". E, por isso, os recentes aumentos são merecidos. Ele defendeu ser necessário estruturar as categorias com planos de cargos e carreiras e manter diálogo permanente.

 

– Em 2013, durante a greve dos professores, por exemplo, os profissionais do ensino foram agredidos pela polícia nas manifestações. Isso é um absurdo, não pode mais acontecer – disse Lindberg Farias.

 

Candidato à reeleição, o governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) defendeu que "cuidar do servidor público é cuidar do cidadão, pois afinal é ele quem presta serviço à população". Ele ressaltou que para ter serviço de qualidade é necessário valorizar o servidor, mas que isso não ocorre única e exclusivamente por reajustes.

 

 

– Conceder remuneração digna é apenas uma parte, e sempre que possível, com muita responsabilidade fiscal, vamos valorizar os servidores como fizemos nos últimos anos – afirmou.




 

 

DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS