Petrópolis, 03 de Dezembro de 2020.
Matérias >> Artigos
   
  Adeus ao Mestre Guédon - por Jonny Klemperer

Data: 30/10/2020

 

Adeus ao Mestre Guédon

Por Jonny Klemperer *

 

Adeus ao Mestre com carinho e admiração,

 

As cinzas de Philippe Guédon foram depositadas no jardim da Casa dos Conselhos (que leva o seu nome) nesta quinta-feira 29/10/20 pela viúva Lúcia Guédon, os 7 filhos e demais familiares.

 

Não poderia haver lugar mais simbólico e apropriado para receber os restos daquele incansável batalhador pelos direitos da sociedade civil organizada petropolitana, até o último suspiro de sua despedida em 25/10/20. Resta-nos torcer que os freqüentadores desta Casa dos Conselhos venham a se inspirar desta proximidade e encontrem a determinação necessária para implementar as causas pelas quais o Mestre Guédon lutou mas não lhe foi dado o tempo para colher os frutos: Plano Estratégico de Petrópolis/PEP2020, Instituto de Planejamento Koeler/INK, BR-040, Reforma Administrativa PMP, dentre inúmeras outras!

 

Como amigo e parceiro do Mestre Guédon, e como co-fundador do Movimento Petrópolis-Tecnópolis (hoje Serratec),  não posso deixar de lembrar que ele foi o precursor do movimento tecnológico em Petrópolis quando por iniciativa dele foi criada a Petropart em 1987, à imagem da “technopôle” francesa que ele visitara em Sophia Antipolis na Riviera Francesa, que por razões que não valem a pena rebuscar, não vingou! Mas a semente plantada por ele germinou 15 anos mais tarde e precisa ser relembrado para fazer justiça àquele que sempre pensou e lutou numa Petrópolis verdadeiramente Imperial.

 

O vazio que deixou é enorme, mas sempre será lembrado como MESTRE GUÉDON!

 

 

* Co-Fundador do Parque Tecnológico Região Serrana - Serratec




 

 

DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS