Petrópolis, 28 de Setembro de 2022.
Matérias >> Artigos
   
  PETRÓPOLIS – MOSAICO DE GOVERNO I

Data: 28/11/2016

 

PETRÓPOLIS – MOSAICO DE GOVERNO I

Por: Alexandre Hugueney /Terapeuta holístico, economista e engenheiro

 

Após as eleições, Petrópolis espera que o novo prefeito consiga realizar ações que objetivem potencializar as qualidades inerentes à cidade, assim como corrigir qualquer distorção que esteja impedindo se chegar ao patamar que ela e os seus habitantes merecem e almejam. Neste novo cenário político, que traz esperanças de realizações a todos, cada um deve procurar apoiar, participar e dar ideias, pois se as mãos forem dadas, em prol de Petrópolis, sem restrições de qualquer ordem, só terão a ganhar Petrópolis e seu povo. Esqueçamos qualquer tipo de desavenças e vamos pensar única e exclusivamente na nossa bela e histórica cidade e, com a nossa ajuda, fazer com que a nova administração, que se aproxima, possa conseguir alcançar seus objetivos.

Assim, com o intuito de colaborar de forma prática e objetiva, vamos focar alguns assuntos que, no nosso entender, merecem uma atenção especial. Neste artigo, daremos atenção à segurança. Este assunto faz parte do Plano de Governo do prefeito eleito. Nem é preciso se inteirar das notícias divulgadas pela mídia para se chegar à conclusão que é urgente a adoção de novas sistemáticas que possibilitem a tranquilidade do povo.

A segurança abrange vários segmentos de atuações e, sem dúvida, requer um planejamento estratégico adequado para que todas as variáveis componentes do modelo especifico, sejam analisadas sob a forma de se buscar a otimização das mesmas. Em artigo publicado neste jornal em março de 2014, intitulado “Cosme e Damião...a volta” procuramos colaborar com uma solução barata e atuante. “O policiamento das nossas ruas, inclusive no Centro Histórico, precisa melhorar, principalmente aos domingos e feriados, quando praticamente não se vê policiais circulando de forma motorizada ou não. A falta de policiamento traz consequências danosas ao bem-estar da população e no caso de Petrópolis ao turismo. Hoje em dia uma das atitudes mais presente no nosso quotidiano é o pensar em si próprio desconsiderando os direitos alheios. O policiamento ostensivo além de inibir os casos considerados inerentes a atuação policial, como crimes de qualquer natureza, faz com que o respeito ao próximo seja preservado, através de uma fiscalização que garanta a ordem, a ética e os bons costumes.

Em Petrópolis, que é o nosso objetivo, podemos identificar várias situações nas quais a falta de um policiamento, principalmente realizado a pé, colaboram para suas altas frequências e até mesmo para suas existências. Citando a área do transito, verificamos constantemente carros estacionados embaixo de placas de proibido parar e em vagas destinadas a idosos e deficientes físicos, sem ostentar os cartões que dão direito a tal. Como são casos de aplicação de multas, isto também significa evasão de receita para o arrecadador. ... A ronda em duplas foi aprovada pela população e a proximidade com os moradores traz satisfação também aos policiais. Foi identificada a diminuição de roubos de veículos e de rua.... A ideia é que essas duplas circulem inicialmente no Centro Histórico em três turnos: das 6h às 14h, das 14h às 22h e das 22h às 6h perfazendo o total de 24h de cobertura. O serviço seria executado por policiais e se for aprovada uma parceria, também por soldados, todos devidamente treinados para o tipo de serviço. Outra função que poderia ser acrescentada ao trabalho seria a de informação turística.”

Caros leitores e administradores, devemos partir para soluções práticas, simples e com custo reduzido, pois a verdade está na simplicidade.

 

achugueney@gmail.com




 

 

DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS