Petrópolis, 10 de Julho de 2020.
Matérias >> Cidade >> Notícias
   
  Comércio passa a abrir aos domingos

Data: 24/10/2013

 

Durante uma assembleia realizada na terça-feira à noite no Sicomércio, cerca de 40 empresários da cidade representando todos os segmentos do comércio, desistiram de tentar um acordo com os funcionários e, decidiram que, a partir do dia 3 de novembro, todas as lojas da cidade vão passar a funcionar aos domingos. 

A falta de entendimento entre os setores para a abertura dos últimos feriados motivou a iniciativa. O comércio também vai abrir no Carnaval e nos dias que vão haver jogos da Copa do Mundo. Segundo o presidente do Sindicato do Comércio Varejista, Sicomércio, Marcelo Fiorini, a medida é uma tentativa de trazer os trabalhadores para a realidade econômica do município, fazê-los entender que Petrópolis é uma cidade turística e que por isso abrir as portas das lojas nos feriados é essencial. 

De acordo com a lei federal de número 11.603, criada em 5 de dezembro de 2007, os empresários podem abrir as lojas aos domingo sem ter que pagar hora extra aos funcionários. “Nós tomamos a decisão de não ficarmos mais reféns dos trabalhadores, estamos sempre tentando um acordo e nunca conseguimos abrir as lojas, então optamos por funcionar em dias que por lei somos autorizados, ao invés de continuar com as portas fechadas tendo prejuízos de R$ 15, R$ 20 milhões.  

O que vamos fazer é  dar uma folga na semana anterior, o funcionário pode trabalhar até 2 domingos seguidos, e no terceiro é preciso dar uma outra folga. A intenção é que eles percebam o quanto é importante estarmos disponíveis para receber os consumidores que visitam e moram na nossa cidade”, explicou Marceli Fiorini.

Ainda segundo o presidente do Sicomércio, um dos objetivos da decisão de abrir aos domingos, é tentar recuperar pelo menos uma parte do lucro que foi perdido durante todo este ano, quando as lojas permaneceram fechadas nos feriados. “Decidimos buscar atenuar as nossas perdas funcionando em dias que podemos abrir, e que não temos gastos a mais, como o pagamento de hora extra. Então os domingos já a partir do mês de novembro, Carnaval, e Copa do Mundo,  vão permanecer com as lojas abertas no centro histórico, polo de moda do Bingen, Rua Teresa, e Rua 16 Março. Para que isso aconteça, neste mês de outubro vamos realizar uma campanha de conscientização entre os empresários para que todos compartilhem da mesma ideia, e abram as lojas nestes dias”, contou.

Nenhuma conversa oficial foi realizada entre o Sicomércio e o Sindicato dos Comerciários, mas a reunião deve ser feita ainda esta semana, para que depois os trabalhadores sejam comunicados da decisão. “Os empresários tem o direito de abrir as lojas nesses dias garantido por lei, então não há nada que eu possa fazer a esse respeito a não ser avisar os funcionários sobre a medida. Acredito que muitos da classe não vão ficar satisfeitos, mas a decisão precisa ser respeitada. Nós temos uma assembleia marcada nesta semana com os trabalhadores, mas para discutir apenas clausulas sociais e questões relacionadas ao salário, por isso essa parte dos dias de funcionamento das lojas deve ser conversada em um outro momento”, disse o presidente do sindicato dos comerciários, Hernani Correa Magalhães.

Os trabalhadores que ficaram sabendo da decisão se mostraram insatisfeitos com a medida. “Quem tem marido e filhos não vive mais né! Que dia vamos descansar e ficar com a nossa família? Isso é um absurdo. Eu também sou contra que as lojas abram em feriados que nós sabemos que não vão ter muito movimento, mas ter que trabalhar aos domingos vai ser muito ruim”, reclamou a vendedora, Cristina de Souza. 




 

 

DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS