Petrópolis, 13 de Julho de 2020.
Matérias >> Cidade >> Notícias
   
  Incêndios

Data: 01/11/2012

 Na tentativa de evitar novas queimadas, a engenheira agrônoma Carolina Rodrigues dá dicas de como se livrar do lixo verde e orgânico sem colocar em risco a integridade física das pessoas e moradias. "É importante que em um tempo seco como o que estamos passando, alguns cuidados sejam tomados para evitar maiores danos ao meio ambiente e às pessoas. Uma simples queimada de folhas secas pode colocar tudo o que está em volta em perigo, por isso é importante dar destinos mais ecológicos e menos prejudiciais", disse.

Em algumas das dicas, o lixo verde pode ser enterrado intercalando com terra revolvida, areia e cascas de alimentos, no pé da própria árvore mesmo, com amontoado de folhas. Para quem não tem espaço natural, também pode realizar o descarte sem prejudicar o meio ambiente.

As queimadas são consideradas crime ambiental, passível de multa e até de prisão. Os responsáveis são enquadrados no artigo 40 da Lei número

 9605, e no artigo 46 da Lei número 3467/98. Além de responder criminalmente pelos danos ambientais, os infratores também podem ser punidos na esfera cível, tendo por exemplo, que devolver ao estado recursos gastos com operações para o combate de incêndios, que têm alto custo. As pessoas podem denunciar anonimamente para o Corpo de Bombeiros pelo número 193.

 

 

 

 

FONTE: Tribuna de Petrópolis




 

 

DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS