Petrópolis, 22 de Setembro de 2021.
Matérias >> Poder Executivo Mun. >> Desenvolvimento Institucional
   
  MPF quer saber quem é o responsável pela desativação de 19 estações meteorológicas

Data: 27/01/2011

MPF quer saber quem é o responsável pela desativação de 19 estações meteorológicas

 

            O Ministério Público Federal em Petrópolis deu início a uma investigação para apurar de quem é a responsabilidade pela desativação de 19 estações meteorológicas  instaladas em diferentes pontos da cidade, que estavam desativadas quando as regiões do Vale do Cuiabá e Brejal foram atingidas pela enxurrada que provocou a morte de 68 pessoas na madrugada do dia 12. O sistema de monitoramento é fruto de uma parceria firmada em 2006 entre a Secretaria Estadual do Ambiente e o Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC). O sistema começou a ser implantado no município em 2006, e em 2009 foi ampliado. Posteriormente, a Prefeitura de Petrópolis teria sido  chamada a participar  do convênio. O  monitoramento funcionou em caráter experimental, mas foi desativado no segundo semestre do ano passado, por conta de indefinição sobre a renovação do convênio entre as partes para custeio da manutenção e operação do equipamento, que custa quase R$ 900 mil por ano.

            O diretor do LNCC, Pedro Dias, convocado pelo procurador da República Charles Stevan da Mota Pessoa, prestou depoimento por mais de cinco horas ao representante do MPF anteontem. “Queremos entender se é possível atribuir a alguém a responsabilidade pelo que aconteceu em Petrópolis, e ao mesmo tempo cobrar que alguma medida concreta seja adotada para que já no próximo verão ele funcione. Se ainda não for possível evitar as perdas materiais, pelo menos as vidas precisam ser  preservadas. Queremos ter garantias, não só de que o sistema será implantado, mas também de que ele vai funcionar efetivamente. Para isso, é preciso, por exemplo, que haja um treinamento da população sobre como proceder a partir da emissão do alerta”, frisa o procurador Charles Stevan da Mota Pessoa.

 

Fonte: Tribuna de Petrópolis, 27 de janeiro de 2011.




 

 

DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS