Petrópolis, 28 de Setembro de 2021.
Matérias >> Poder Executivo Mun. >> Desenvolvimento Institucional
   
  Civis defende Goivinho na polêmica sobre criação da Escola de Hotelaria

Data: 06/11/2009

Civis defende Goivinho na polêmica sobre criação da Escola de Hotelaria

 

 

            Parece que está longe de terminar a polêmica em torno do projeto de construção da Escola de Hotelaria, defendido pelo vereador Wagner Silva para a Praça 14 Bis, como era o projeto original. O coordenador do Instituto Civis, Mauro Correa, mesmo considerando importante a escola, não concorda com o vereador nas críticas que ele faz ao secretário de Planejamento, Aguinaldo Goivinho. Mauro Corrêa defendeu o secretário, afirmando que ele vem tendo uma atuação excelente, principalmente na condução da Coperlupos onde os projetos são aprovados. “Todos os projetos estão sendo analisados com mais critério e não se aprova mais nada baseado apenas em interesses”, frisou o coordenador do Civis, lembrando que a Lei do Uso, Parcelamento e ocupação do Solo (Lupos) precisa ser revista

            Na avaliação do coordenador do Civis, o Governo Municipal não é contra a criação da Escola de Hotelaria, e foi desta maneira que entendeu o posicionamento do secretário de Planejamento. “Concordo com ele, pois o local, a Praça 14 Bis, não é viável hoje para instalação ali de uma escola, em função do trânsito”, afirmou Mauro Corrêa, deixando claro que o Governo Municipal, precisa transformar o local numa praça, “pois o governo passado deu o nome de praça, mas funciona mesmo como estacionamento” O vereador Wagner Silva (PPS) comentou as declarações do coordenador do Instituto Civis Mauro Correa, que acredita que esteja equivocado quando fala da escola de Hotelaria e Turismo. “Este projeto não foi aprovado de qualquer maneira. Ele passou por análises muito rigorosas e criteriosas feitas, em sua maioria pelo Governo Federal. Nessa época, o atual secretário de Planejamento trabalhou no governo Leandro Sampaio e fez parte da equipe que lutou pela aprovação da reforma do Centro Histórico e, também. Pela implantação da Escola de Hotelaria naquele local”.

 

 

Fonte: Tribuna de Petrópolis, 06 de novembro de 2009.




 

 

DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS