Petrópolis, 05 de Fevereiro de 2023.
Matérias >> Poder Executivo Mun. >> Infraestrutura
   
  Respostas da Concer

Data: 25/03/2009

Respostas da Concer

 

            Em relação à construção da nova pista de subida da Serra, a Concer explicou que já foram desenvolvidas algumas fases do projeto. De acordo com a concessionária, na próxima etapa será realizada a preparação do estudo de impacto ambiental para licenciamento junto aos órgãos competentes. “O início conforme contrato junto à Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) está previsto para o início de 2012”, diz a nota da empresa. Sobre a construção de uma via que possibilite a ligação Bingen/Quitandinha, a Concer explica: “No estudo de traçado, está sendo contemplada a questão dessa ligação e não há nenhuma definição quanto a essa possibilidade.”

 

            Quanto às providências que vêm sendo tomadas para tentar reduzir os riscos de acidentes, a concessionária divulgou em nota: “Dentro do escopo da concessionária, vem mantendo a conservação e a realização de serviços de inspeção diários, onde são constantemente vistoriados todos os elementos de proteção e segurança da rodovia. Além da vistoria, são realizados serviços de conserva e manutenção, onde podemos destacar a pintura de faixas, a implantação de tachas refletivas e delineadores. As pinturas das fixas são realizadas a partir de medições com equipamento específico que determina o índice de refletância da mesma. Ao atingir um determinado valor, previsto como o valor mínimo, é programada a campanha de repintura. Além de todas as benfeitorias realizadas para a segurança dos usuários, a Concer mantém o trecho monitorado 24 horas por dia, através de inspeções realizadas pelas VIT’s (Viaturas de Inspeção de Tráfego), que ao detectar qualquer ocorrência acionam os serviços de socorro médico ou mecânico. Ainda falando em investimentos, nos locais de maior incidência a concessionária intensifica a quantidade de placas que alertam os usuários para obediência das mesmas. Podemos imputar que a maioria dos acidentes é causada por imprudência em não observar os limites de velocidade. Não há interdições na serra que possam ser causadoras de acidentes”.

 

            Ainda segundo a assessoria, especificamente no trecho de serra que vai até Petrópolis podem ser citadas as seguintes obras já realizadas: serviços de recuperação das placas de concreto; execução de campanhas de sinalização horizontal, recentemente restaurada em sua totalidade, e vertical; curvas dotadas de delineadores; implantação de balizadores de bordo; realização de campanhas de implantação de tachas refletivas; caiação de meios fios; poda de árvores; capina; obras de estabilização de encostas; obras de recuperação de drenagem; e obras de recuperação dos viadutos e pontes.

 

Fonte: Tribuna de Petrópolis – 24 de março de 2009.




 

 

DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS