Petrópolis, 01 de Fevereiro de 2023.
Matérias >> Poder Executivo Mun. >> Infraestrutura
   
  Vereador não acha justa cobranças feitas por estacionamentos

Data: 04/02/2009

Dando continuidade ao trabalho de fiscalização, o vereador Wagner Silva, PPS, solicitou a Secretaria de Fazenda, informações a respeito dos contratos com os estacionamentos particulares com o objetivo de saber se os usuários não teriam direito a pagar 1 (uma) fração quando não utilizarem a primeira hora em sua totalidade. O vereador acha injusto que aqueles que ficam apenas alguns minutos estacionados sejam obrigados a pagar por 1 (uma) hora completa.

 

Ainda sobre esta questão, foi solicitado à CPTrans que a Lei (5.766/2001) que dispõe sobre a gratuidade de estacionamento para as pessoas que vão consumir no comércio da cidade seja intensificada em prol do mesmo. Alguns funcionários da empresa afirmam que recebem poucos bilhetes de gratuidade e que, por outro lado, as pessoas não se lembram de cobrar pelos seus direitos.

 

Já com relação ao trânsito da cidade, a preocupação é com os constantes engarrafamentos e inúmeras reclamações de motoristas e pedestres. Longe de almejar ser um "tecnólogo" em trânsito, Wagner Silva sugere à CPTrans que seja realizado um estudo para saber se a inversão de mãos das ruas Caldas Vianna e Dr. Porciúncula e o retorno a mão dupla nas ruas Silva Jardim, Ipiranga, Monsenhor Bacellar, Dr. Nelson de Sá Earp e Washington Luiz, não seriam alternativas para melhorar a situação que está deixando os petropolitanos cada dia mais irritados no trânsito. "O que trouxer preocupação e incômodo à população, será motivo sim de minha busca constante por soluções, afinal, a função do vereador é a de fiscalizar sempre. Minha preocupação é com o fluxo do trânsito todo para o centro quando na verdade deveria ser de saída do centro. Se hoje o trânsito está assim, imagine quando começarem as aulas?", pergunta Wagner Silva.

 

Ainda buscando amenizar o sofrimento da população que utiliza os transbordos do Centro da cidade e do Alto da Serra, foi encaminhado ao prefeito e a CPTrans, um ofício pedindo a retirada do gradio que circunda estas estações de transbordo, já que gestos de mudança com relação a estes lugares foram promessas de campanha.

 

Fiscalização também é uma preocupação de Wagner Silva, que através do Ofício 32/2009, solicitou a CPTrans que medidas fossem tomadas para que nas blitz organizadas por toda a cidade, também sejam verificados os pagamentos de IPVA de carros, motos, ônibus e caminhões, já que a falta do pagamento deste imposto gera prejuízos ao município.

 

 

Fonte: Diário de Petrópolis – 30 de janeiro de 2009.




 

 

DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS