Petrópolis, 05 de Fevereiro de 2023.
Matérias >> Poder Executivo Mun. >> Infraestrutura
   
  Serla vai explorar recursos hídricos no rio Piabanha

Data: 12/01/2009

Foi publicado no Diário Oficial do Rio de Janeiro a outorga dada à empresa AES Rio PCH Ltda, localizada em São Paulo, para a exploração do potencial hidráulico no Rio Piabanha por 25 anos. Serão instaladas as Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCH) ao longo do curso do rio, localizadas nas cidades de Areal, Paraíba do Sul, Petrópolis e Três Rios para geração e distribuição de energia renovável.

 

Por intermédio de informações da empresa que irá gerir os recursos, o projeto teve sua origem desencadeada pelo Programa de Incentivo às Fontes Alternativas de Energia Elétrica (PROINFA), criado pela Lei nº 10.438, de 26 de abril de 2002, com o objetivo de aumentar a participação de energia elétrica produzida por empreendimentos concebidos com base em fontes eólicas e pequenas centrais hidrelétricas. O programa também valorizará o meio ambiente e a utilização de recursos energéticos locais, visando atingir a sustentabilidade econômica para geração de energia elétrica.

 

Ainda de acordo com a empresa, serão inúmeras as vantagens para a população com a instalação das PCHs. A constituição dessas usinas substituem centrais termelétricas que utilizam combustíveis fósseis - geralmente óleo diesel. Existe a possibilidade da melhoria da qualidade e oferta de energia - contribuindo para o desenvolvimento sócio-econômico da região e bem estar da população. Redução com os gastos do Governo Federal com o óleo diesel até então utilizado nas centrais termelétricas substituídas - que é subsidiado pelo Governo e debitado na conta de energia de todos os consumidores brasileiros, modicidade tarifária, dentre outros.

 

A empresa ainda informou que o projeto como o da PCH Piabanha utilizará mão-de-obra local durante a fase de construção das usinas - máximo de 600 pessoas e média de 300 pessoas de mão–de-obra direta, e em pequena escala de utilização durante a sua fase de operação e manutenção - média de 10 pessoas.

 

 

Fonte: Diário de Petrópolis – 11 de janeiro de 2009.




 

 

DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS