Petrópolis, 05 de Fevereiro de 2023.
Matérias >> Poder Executivo Mun. >> Infraestrutura
   
  Prefeitura garante obra do PAC Estrada da Saudade

Data: 11/06/2014

 

Prefeitura garante obra do PAC  Estrada da Saudade
 
Diário de Petrópolis, Quarta-feira, 11 de junho de 2014
 
 
O prefeito Rubens Bomtempo garantiu ontem (10) a continuidade das obras do PAC Estrada da Saudade, que vão beneficiar os cerca de 15 mil moradores da região. As intervenções, iniciadas em agosto do ano passado, estavam praticamente paradas desde março, por conta de dificuldades do Ministério das Cidades para aportar os recursos previstos no convênio. Após uma reunião em Brasília na última semana, com representantes do Governo Federal e da Caixa Econômica Federal, Bomtempo anunciou: a Prefeitura vai antecipar os R$ 1,2 milhão devidos pela União à empresa vencedora da licitação para a realização das obras e garantir os 70 empregos diretos e indiretos gerados durante a execução da primeira fase do projeto. O Ministério das Cidades se comprometeu a ressarcir o município até o mês de agosto.

Para assegurar a continuidade das obras, o prefeito Rubens Bomtempo fará um remanejamento de recursos oriundos dos royalties. “Esta é a primeira grande obra realizada no município que vai aliar o trabalho para reassentamento das famílias que hoje moram em áreas de risco e nossa política de prevenção. Vamos garantir a segurança de quem vive ali, oferecer tranqüilidade e mais qualidade de vida à população”, disse, referindo-se a uma das etapas do projeto do PAC Estrada da Saudade, que prevê o reassentamento, na própria região, de 170 famílias moradoras de imóveis considerados em situação de risco, além de obras de obras preventivas e de contenção.

Ao lado do secretário de Obras, Aldir Cony, e do vereador Luizinho Sorriso, Bomtempo agradeceu o empenho dos representantes do Legislativo (Luizinho Sorriso e Jorginho do Banerj), que o alertaram sobre a possibilidade de demissões dos trabalhadores que atuavam na obra. A maioria, conforme previa o convênio, é moradora da própria Estrada da Saudade. 

“A licitação foi feita em maio e, em agosto, as obras começaram. Todos os pagamentos, até o mês de março, foram quitados, mas o contingenciamento dos recursos do Governo Federal nos últimos meses fizeram com que o Ministério das Cidades ficasse impossibilitado de aportar os recursos com a velocidade que o município necessita. Juntos, nós, da Prefeitura, a Caixa Econômica Federal e o ministério entendemos que este aporte de recursos do município dará segurança aos funcionários e permitirá a continuidade desta intervenção que é tão importante para a região”, disse Bomtempo, destacando que o diálogo permanente entre o município e outras esferas governamentais vem sendo fundamental para o andamento de inúmeros projetos.

O PAC Estrada da Saudade prevê R$ 23 milhões em investimentos que vão garantir infraestrutura, segurança e qualidade de vida a quem vive no bairro. Estão no projeto a construção de duas creches, implantação de um Centro de Referência em Assistência Social (CRAS), criação de duas quadras poliesportivas e cobertura de outras duas já existentes, melhorias viárias, drenagem, obras de contenção e melhorias no acesso às 170 casas que serão construídas na região pelo Programa Minha Casa, Minha Vida. Segundo o prefeito Rubens Bomtempo, o município aportou R$ 1,650 milhão na  desapropriação de quatro terrenos, que darão lugar aos imóveis.



 

 

DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS