Petrópolis, 01 de Fevereiro de 2023.
Matérias >> Poder Executivo Mun. >> Infraestrutura
   
  Trem responde por apenas 13% do transporte

Data: 10/02/2010

Trem responde por apenas 13% do transporte

DA REPORTAGEM LOCAL

A alteração do regime de concessão ferroviária no país faz parte do esforço do governo federal para acelerar uma mudança na matriz de transportes no Brasil, hoje de predominância rodoviária. O PNLT (Plano Nacional de Logística e Transporte) quer dobrar essa participação das ferrovias na matriz de transporte até 2025. Hoje, a ferrovia responde por apenas 13% do transporte do país.


A tentativa do governo é resolver um problema considerado crônico no setor ferroviário brasileiro: a subutilização da malha disponível. As atuais concessionárias negam a subutilização e afirmam que o país é o sétimo em produtividade ferroviária no mundo.


A preocupação neste momento das três partes envolvidas na discussão é a de costurar um modelo de concessão que segregue construção, manutenção e controle da operação sem que isso represente um domínio do consórcio detentor da malha férrea.


"É isso o que se está discutindo agora, e a ideia é talvez ter um preço básico que pode ser reduzido a partir dos volumes negociados pelos operadores", disse o superintendente de serviços de transporte da ANTT, Noboru Ofugi.


Após a conclusão dos estudos, o assunto subirá escalas dentro do governo e será enviado à Casa Civil. A alteração da modelagem, segundo o superintendente da ANTT, será avaliada pelo Conit (Conselho Nacional de Integração de Políticas de Transporte) e por fim pelo CND (Conselho Nacional de Desestatização), que poderá aprovar as novas regras.

(AB)



 

 

DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS