Petrópolis, 22 de Setembro de 2021.
Matérias >> Conselhos Municipais >> COMDEMA/SMA
   
  Engenheiro japonês visita cidade e faz levantamento em áreas de risco

Data: 04/07/2015

 

Engenheiro japonês visita cidade e faz levantamento em áreas de risco

Ele realizou levantamentos e medições de encostas para abastecer de informações a Jica para a Agência produza manuais para Petrópolis sobre mapeamento de risco.

Petrópolis recebeu a visita do engenheiro geoténico japonês Pucai Yang, especialista em desastres naturais contratado pela Agência de Cooperação Internacional do Japão (Jica). Ele realizou levantamentos e medições de encostas para abastecer de informações a Jica para que, ao fim da parceria com o governo brasileiro, a Agência produza manuais para Petrópolis sobre mapeamento de risco, alertas antecipados e planejamento urbano.

Yang foi recebido pelo secretário de Proteção e Defesa Civil, Rafael Simão. O engenheiro conheceu a sede da Secretaria e elogiou a medida adotada pelo prefeito Rubens Bomtempo de incluir a temática da prevenção a desastres naturais no currículo escolar da rede municipal.

“É uma determinação do prefeito Rubens Bomtempo que a Defesa Civil dê todo o apoio necessário à Jica. Receber um engenheiro japonês especialista em desastres naturais é uma oportunidade ímpar que todos nós. Temos que tirar desses peritos todo o conhecimento possível, fazer com que os nossos técnicos possam aprender com eles”, disse o secretário Rafael Simão.

Pucai Yang realizará medições de largura e altura de encostas de áreas de risco apontadas pela Defesa Civil. Ele utilizará a metodologia japonesa de cálculo da quantidade de terra que pode se deslocar por causa das chuvas e o alcance desse deslizamento. Yang afirmou que a ideia é que os manuais que serão produzidos pela Jica sejam voltados também para a população e ressaltou a importância da participação popular no processo.

“A nossa ideia é dar uma contribuição para o município em relação a mapeamento de risco. Mas, assim como no Japão, a população tem que trabalhar junto com os órgãos oficiais. Caso contrário, não vai funcionar. No Japão, há um entendimento de que não se consegue evitar um desastre natural, mas o que ajuda é a população saber o que fazer para não se colocar em risco”, disse Yang.

A parceria entre o governo federal e a Jica, para a redução de desastres naturais em Petrópolis, Nova Friburgo e Blumenau (SC), teve início no fim de 2013 e irá durar quatro anos. Desde então, técnicos dos dois países têm mantido um constante intercâmbio para a troca de experiências sobre prevenção. Neste período, o prefeito Rubens Bomtempo, o secretário Rafael Simão e quatro técnicos da Prefeitura foram ao Japão, em viagens custeadas pela Jica.




 

 

DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS