Petrópolis, 30 de Maio de 2020.
Matérias >> Conselhos Municipais >> COMSAÚDE/SSA
   
  Programa Municipal DST/Aids promove simpósio sobre a doença, terça-feira, dia 16

Data: 10/09/2014

Programa Municipal DST/Aids promove simpósio sobre a doença

Tribuna da Petrópolis, 10 de Setembro de 2014

 

Também serão abordadas questões relacionadas aos direitos previdenciários do portador do vírus.

 

A Prefeitura promove na próxima terça-feira o primeiro Simpósio sobre o vírus HIV realizado pela Prefeitura por meio do Programa Municipal DST/Aids e Hepatites B e C. Durante o evento serão apresentados o perfil da epidemia do HIV/Aids no Estado do Rio de Janeiro, a política de tratamento da doença no Brasil e as experiências de Petrópolis na assistência e descentralização do tratamento. Também serão abordadas questões relacionadas aos direitos previdenciários do portador do vírus.

“A realização deste simpósio integra as ações de prevenção, assistência e controle da infecção pelo HIV que desenvolvemos no município. Vamos contar com a presença de palestrantes que virão contribuir, com suas experiências, com nosso trabalho, trazendo à reflexão aspectos atuais e relevantes da epidemia no país. Será um importante momento de reflexão e contextualização para todos nós”, destacou a coordenadora do Programa Municipal DST/Aids e Hepatites B e C, Maria Inês Ferreira.

O evento é aberto aos profissionais de saúde e as inscrições podem ser feitas por e-mail (dstpet@yahoo.com.br) ou pelo telefone 2246-9204. O simpósio acontece na Rua Coronel Veiga, nº 550, (Instituto Teológico Franciscano) com início às 8h30.

 

Programação - 6/9

 

8h30 – Abertura

 

9h30 – Perfil da epidemia do HIV/Aids no Estado do Rio de Janeiro Denise Pires - assessora de DST/Aids da Secretaria de Estado de Saúde

 

10h – A Política de tratamento do HIV/Aids no Brasil no contexto atual – o tratamento como estratégia de prevenção, Dra. Sandra Wagnder Cardoso – Laboratório de Aids no INI/Fiocruz

 

11h – Os desafios da adesão ao tratamento antirretroviral e a política de descentralização: a experiência do município do Rio de Janeiro, Dr. Sérgio Aquino – gerente do Programa DST/Aids do Rio de Janeiro

 

11h45 – A experiência do município de Petrópolis na assistência ao portador do HIV/Aids – expectativas futuras no contexto das novas políticas públicas, Dr. Antônio Luiz Chaves Gonçalves – médico infectologista e chefe do Departamento de Doenças Infectuosas e Parasitárias de Petrópolis

 

14h – Co-infecção TB/HIV: um grave problema de saúde pública, Inácio Queiroz Galdino – membro da executiva do Fórum Ongs Tuberculose-RJ/Presidente do Grupo Pela VIDDA de Niterói

 

14h45 – O desafio da transmissão vertical: sem informação/sem problema, Dr. Francisco Carlos de Senna – gerência de DST/Aids/Hepatites da Secretaria de Estado de Saúde

 

15h30 – Benefícios previdenciários e assistenciais para PVHA (pessoas vivendo com HIV e Aids) – compreendendo a legislação e as recentes diretrizes do INSS, Dr. Miguel Abud Marcelino – membro do Grupo de Trabalho para elaboração das Diretrizes de Apoio Médico-Pericial em Clínica Médica, da Diretoria de Saúde do Trabalhador (DIRSAT/INSS), perito médico SST-GEX Petrópolis/MPS/INSS.

 




 

 

DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS