Petrópolis, 03 de Junho de 2020.
Matérias >> Utilidade Pública >> Oportunidades de cursos
   
  FAPERJ: Auxílio a Projetos de Inovações Tecnológicas - ADT 1

Data: 26/08/2014

 

 

FAPERJ: Auxílio a Projetos de Inovações Tecnológicas - ADT 1

 

Finalidade

Esta modalidade de auxílio destina-se a apoiar projetos de Inovações Tecnológicas em Produtos e Processos – TPP, conduzidos por desenvolvedor/empresa com experiência na realização de novos projetos de base tecnológica ou de caráter inovador em âmbito regional e nacional, sediado (a) no Estado do Rio de Janeiro. Os recursos podem ser aplicados em despesas de capital e custeio essenciais à realização do projeto, de acordo com classificador de receita e despesa do Estado do Rio de Janeiro, disponível nositewww.planejamento.rj.gov.br  

 

Requisitos e condições

O projeto deverá ser submetido à FAPERJ em formulário próprio e poderá ter como objetivo:

·          Desenvolvimento de novo produto de base tecnológica;

·          Desenvolvimento de tecnologia que aumente o valor agregado de produto ou processo já existente;

·          Desenvolvimento de processos de produção.

 O desenvolvedor/empresa deverá:

·          Apresentar projeto de inovação tecnológica, considerado pela FAPERJ como de interesse do Estado;

·          Evidenciar a prática de pesquisa e desenvolvimento (P&D);

·          No caso de empresas, comprovar estar em dia com suas obrigações fiscais, no âmbito municipal, estadual e federal;

·          Oferecer contrapartida (financeira ou não).

 Procedimentos para inscrição

O solicitante deverá acessar o sistema inFAPERJ para fazer o pedido on-line. As instruções detalhadas para este procedimento encontram-se ao final deste documento (Fases 1 e 2 dos Procedimentos Gerais para Solicitação de Bolsas e Auxílios pelo sistema inFAPERJ). A solicitação somente será aceita por meio deste procedimento inicial. Para esta modalidade, os documentos solicitados para anexar ao formulário on-line são:

1.       Projeto de desenvolvimento, contendo obrigatoriamente na ordem, os seguintes itens: resumo estruturado para divulgação (entre 1.000 e 2.000 caracteres), título (máximo 10 palavras), introdução (máximo 250 palavras), objetivos (máximo 200 palavras), justificativa (máximo 250 palavras), método, forma de análise dos resultados, equipe e cronograma de execução em meses corridos, de acordo com modelo específico fornecido pela FAPERJ (disponível no sistema inFAPERJ); projetos apresentados fora destas especificações não serão aceitos;

2.       Orçamento detalhado, com justificativa dos itens solicitados à FAPERJ e em quais etapas do projeto serão utilizados;

3.       Orçamento resumido (modelo disponível no sistema inFAPERJ);

4.       Para a aquisição de peças, equipamentos e cotação de materiais permanentes ou módulos para equipamentos, deverão ser apresentadas propostas orçamentárias das firmas (proform invoice, em caso de companhia estrangeira); obras, serviços em equipamentos e contratos de manutenção corretiva ou preventiva também deverão ter as suas propostas de orçamento incluídas no projeto, quando houver previsão destes itens;

5.       Curriculum vitae do solicitante no formato Lattes, com indicadores de produção – CNPq (em formato *.rtf), ou em formato livre.

 

Critérios de seleção

Serão considerados na avaliação da proposta:

A. Consistência e viabilidade técnica e econômica do projeto;

B. Grau de inovação do projeto;

C. Clareza no objetivo e nas metas;

D. Impactos esperados da inovação para o Estado do Rio de Janeiro, em particular nos arranjos produtivos locais (APLs);

E. Impactos esperados da inovação para o País;

F. Experiência do proponente e da equipe executora;

G. Infraestrutura disponível para a execução do projeto;

H. Contribuição para o desenvolvimento científico, tecnológico, econômico, ambiental e social das diferentes regiões do Estado do Rio de Janeiro.

I. Redução dos desequilíbrios regionais no Estado;

J. Contrapartida oferecida (financeira ou não);

K. Adesão aos termos desta modalidade de auxílio.

 

Dúvidas e esclarecimentos

Dúvidas e esclarecimentos sobre o programa ADT 1 deverão ser enviados única e exclusivamente por meio do canal eletrônico de comunicação disponível na página da FAPERJ: Canal ADT 1 (clique no link)

 

Recursos

Eventual recurso aos resultados divulgados deverá ser única e exclusivamente submetido à FAPERJ, por meio do canal eletrônico disponível na página da FAPERJ: Canal ADT 1  até 07 (sete) dias úteis após a notificação do resultado pelo sistema inFAPERJ; nesse caso, nenhum novo documento ou fato poderá ser incluído no recurso, cabendo à diretoria da FAPERJ o julgamento da solicitação.

 

O CANAL ELETRÔNICO DE COMUNICAÇÃO ADT 1 DEVE SER UTILIZADO APENAS PARA PROJETOS EM SUBMISSÃO OU PARA RECURSOS A RESULTADOS. PARA PROJETOS APROVADOS E/OU EM EXECUÇÃO UTLIZE O CANAL APROPRIADO COMO, POR EXEMPLO AUDITORIA E DAB (Departamento de Auxílios e Bolsas)

 

Antes de encaminhar sua dúvida, verifique, na página da FAPERJ, a seção de perguntas frequentes: FAQ

 

Atenção

As informações dispostas nesta página referem-se a uma única seção do Manual de Auxílios e Bolsas da FAPERJ.  Para saber sobre finalidades, requisitos e condições, duração, procedimentos para inscrição, para a modalidade pretendida, dentre outras informações, consulte a versão integral do Manual de Auxílios e Bolsas da FAPERJ clicando aqui ou nos links abaixo.


Links importantes:

 

Perguntas Frequentes

Valores de diárias de projetos

Manual de Auxílios e Bolsas (.pdf)

Auxílios (Informações gerais)

Procedimentos gerais para solicitação de auxílios e bolsas pelo sistema InFAPERJ

Instruções para prestação de contas de auxílios 

Calendário para solicitação de bolsas e auxílios

 

Índice geral das áreas do conhecimento




 

 

DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS