Petrópolis, 13 de Novembro de 2018.
Matérias >> Propostas Comunitárias de Politicas Públicas >> Desenvolvimento Humano
   
  Número de casos de HIV aumenta entre os jovens

Data: 06/12/2011

O número de casos de pessoas infectadas pelo vírus HIV vem aumentando entre os jovens na faixa etária de 15 a 24 anos. De acordo com dados divulgados esta semana pelo Ministério da Saúde, entre as meninas e os homossexuais o número de casos vem crescendo ao longo dos anos.
Entre 1980 e 2011, foram diagnosticados em todo o Brasil, 66.698 casos de aids, sendo 38.045 no sexo masculino (57%) e 28.648 no sexo feminino (43%). O total equivale a 11% do total de casos de aids notificados no país desde o início da epidemia ocorre entre jovens. Já entre os gays, nesta faixa etária, houve aumento de 10,1%. No ano passado, para cada 16 homossexuais dessa faixa de idade, vivendo com aids, havia 10 heterossexuais. Essa relação, em 1998, era de 12 para 10.
Em Petrópolis, a realidade é a mesma observada em todo o país. De acordo com números divulgados pelo Programa Municipal DST/Aids, entre 1984 – quando os primeiros casos da doença começaram a ser registrados – até maio deste ano, o município já contabilizou 2.128 casos; sendo 977 de homens moradores de Petrópolis e 434 de outras cidades; e 516 de mulheres residentes no município e 201 de fora da cidade.
Segundo o presidente do Grupo Assistencial SOS Vida, Antônio Carlos Pires, está havendo uma banalização da doença e da sexualidade. A falta do uso de preservativo durante as relações sexuais tem se tornado frequente entre os jovens, aumentando assim o número de casos. “O grande desafio das autoridades de saúde é entender os motivos pelos quais uma geração que cresceu ouvindo sobre o vírus HIV está se infectando. As meninas estão deixando de usar preservativos para mostrar confiança no parceiro. Isso é um erro. É preciso alertar essas jovens”, frisou.
Para conscientizar os jovens em relação à necessidade de usar preservativos e reforçar e de discutir questões relacionadas à vulnerabilidade à aids entre jovens gays, a campanha do Dia Mundial de Luta Contra a Aids, que acontece hoje, dará prioridade a este público. O slogan “A aids não tem preconceito. Previna-se”, tem como objetivo buscar uma sociedade mais solidária, sem preconceito e tolerante à diversidade sexual.
De acordo com o Boletim Epidemiológico Aids/DST 2011, divulgado pelo Ministério da Saúde, a prevalência (estimativa de pessoas infectadas pelo HIV) da doença permanece estável em cerca de 0,6% da população, enquanto a incidência (novos casos notificados) teve leve redução de 18,8/100 mil habitantes em 2009 para 17,9/100 mil habitantes em 2010.

Fonte: Tribuna de Petrópolis, e-tribuna.com.br




 

 

Área do Município: 795.798 km²
População estimada (2013): 297.888 habitantes (95% alfabetizada)
Densidade Demográfica (2013): 371,85 habitantes/km²
PIB (2011): R$ 9.212.328.000,00 (R$ 30.925,47 per capta)
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (2010): 0,745 (13º dentre 92 no RJ)
Fonte: IBGE  
DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS