Petrópolis, 16 de Novembro de 2018.
Matérias >> Vida Comunitária >> Entidades de Cunho Popular
   
  A VIDA QUE VALE A PENA SER VIVIDA

Data: 31/05/2010

A VIDA QUE VALE A PENA SER VIVIDA

Título de livro é tema de palestra no Instituto Teológico Franciscano

 

Clóvis de Barros Filho e Arthur Meucci, autores do livro A vida que vale a pena se vivida”, publicado pela Editora Vozes, vão estar em Petrópolis na quarta-feira, dia 02 de junho realizando palestras sobre o livro.

Considerados dois dos palestrantes mais requisitados no país na atualidade, os autores já se apresentaram para mais de 150 mil pessoas. Dentre o público das palestras estão gestores de grandes empresas tais como Unimed e Porto Seguro, além de participantes de congressos como Conarh – Congresso Nacional sobre Gestão de Pessoas.

Diferente do que se pode imaginar o livro não foi o ponto de partida para a criação da palestra, mas sim o contrário. Percebendo o sucesso das palestras os autores, em parceria com a comissão editorial da Vozes, lançaram, no início do ano corrente a obra em questão.

O tema das palestras e, consequentemente, do livro partiu de uma inquietação. A denúncia das soluções facilitadoras da vida. Uma verdadeira sociologia da felicidade que apresenta os movimentos de uma batalha sem fim pela definição das condições legítimas da vida boa.

A temática toca em áreas sensíveis de viver: a busca das essências, o “estar em ordem”, a felicidade, o desejo, o prazer, o livre-arbítrio, a moral, o utilitarismo, os vínculos sociais, a intensidade de vida. E neste percurso faz um retorno ao pensamento de Platão, Sócrates, Aristóteles, Homero, Epicuro, Sêneca, os evangelistas, Agostinho, Espinosa, Bentham, Mill, Kant, Rousseau, Hobbes, Durkheim, Bourdieu, Weber e Foucault.

Enfim, “A vida que vale a pena ser vivida”, é composto por reflexões filosóficas e existenciais sobre a vida pensada, ajustada, prazerosa, tranquila, consagrada, potente, útil, moralizada, socializada, intensa e feliz.

Convidados pela Coordenação Nacional de Vendas para palestrarem para os gerentes das filiais, que vão estar em reunião nacional em Petrópolis, a agenda dos autores terá inicio bem cedo palestrando para os funcionários da sede da Editora Vozes e termina com evento aberto ao público.

“A reunião de gerentes é uma prática que começou nos anos 50 quando foram abertas as primeiras unidades de venda da Editora. Nestes anos, seu formato foi se alterando. Em alguns momentos deu-se maior ênfase nas discussões de questões internas da empresa e em outros assumiu caráter de treinamento. O modelo atual coloca o plano estratégico como preocupação central, buscando assegurar a compreensão e a adesão, instrumentalizando o gestor das ferramentas adequadas para sua implementação” revelou Teobaldo Heidemman, Coordenador Nacional de Vendas da Editora Vozes.

A elaboração do evento fechado para os gerentes da Vozes é realizada pelas Coordenações Nacionais de Vendas e de Livrarias, após verificação dos conteúdos trabalhados nos anos anteriores e sempre levando em consideração a definição das prioridades atuais, a identificação de carências e estabelecendo as prioridades dos conteúdos a serem abordados. “Com o orçamento em uma das mãos e as necessidades em outras, começa a fase de seleção de capacitadores e palestrantes”, afirmou Heidemman.

A equipe da Editora lembra que anualmente eles escolhem um autor que está sendo lançado pela empresa com foco no mundo corporativo. Assim, de um lado é trabalhado o conteúdo da palestra, sempre pertinente a convenção e de outra a adesão dos gestores ao livro e ao autor. De acordo com o coordenador nacional de vendas, foi exatamente após essa avaliação que Clóvis de Barros Filho e Arthur Meucci foram considerados a melhor escolha para o evento em 2010 na Cidade Imperial.

         Heidemman explica que a reunião anual dos gerentes “é uma convenção em que são convidados a participar todos os 21 gerentes das unidades de negócios da Editora”. O programa contempla um treinamento das modernas técnicas de gestão e a discussão dos projetos da empresa. No ano de 2006 o tema abordado foi a definição das grandes linhas do planejamento estratégico da empresa, tais como missão, visão, valores, posicionamento e plano de ação. Já em 2007 o temo foi “Liderança como condição para a realização da missão da empresa” e as sub-temáticas abordadas foram a liderança, contratação, treinamento, avaliação, demissão e gestão de riscos frente ao poder público. Em 2008 a reunião fez uma introdução às ferramentas de análise e tomada de decisão e a comunicação assertiva. No ano de 2009 foi trabalhado o desenvolvimento de atitudes e valores, integrando interesses pessoais com os da organização. Para 2010 a temática é “Ética nas relações do mundo contemporâneo” e os palestrantes principais da semana de treinamento serão os autores de “A vida que vale a pena ser vivida”.

         Sabendo da qualidade intelectual dos autores, já que Clóvis de Barros Filho é graduado em Direito na USP e em Jornalismo pela Cásper Líbero, fez doutorado na Universidade de Paris e em Comunicação pela Escola de Comunicações e Artes da USP, com créditos na Universidade de Navarra e Arthur Meucci é bacharel, licenciado pleno e mestre em Filosofia pela USP, tem formação em psicanálise pelo IBCP, e da relevância deles no mundo cultural a Editora Vozes, em parceria com o Instituto Teológico Franciscano decidiram por realizar uma palestra aberta ao público com os autores.

A palestra que terá como tema o título do livro A vida que vale a pena ser vivida” será realizada na quarta-feira, dia 02 de junho, a partir das 19h no Instituto Teológico Franciscano que fica localizado à Rua Coronel Veiga, 550 - Centro – Petrópolis/ RJ. Os ingressos estão sendo vendidos a R$5,00 (cinco reais) por pessoa, valor simbólico diante da qualidade e renome dos palestrantes, na Livraria Vozes à Rua do Imperador, 834 - Centro e no Showroom Editora Vozes à Rua Frei Luis, 100, Centro. Mais informações podem ser obtidas através dos telefones (24) 2246-5552/ (24) 2246-5292.

 

O LIVRO

 

Apesar da idéia que o título pode dar este não é um livro de auto-ajuda, pelo contrário. Ele oferece aos leitores uma reflexão crítica sobre os critérios existenciais mais consagrados, exatamente para que possam desconfiar de fórmulas prontas para o bem viver

Os autores Clovis de Barros Filho e Arthur Meucci abordam questões fundamentais da existência humana, utilizando diferentes enfoques por meio da formulação do pensamento dos mais destacados nomes da filosofia, de Sócrates e Platão a Espinosa e Nietzsche, aplicados a situações do cotidiano, para que o leitor “possa resistir, cada vez melhor, contra todo tirano que pretenda empurrar-lhe goela baixo a vida que vale a pena”.

Esta intenção é explicitada logo no início, sem rodeios e com muito bom humor. Sem nenhum propósito de enganar seus potencias leitores, em lugar da tradicional “Introdução” a obra traz uma “Advertência”, na qual se estabelece um diálogo direto com o leitor (assim como ocorrerá até o final do livro), como no trecho: “Deixe este exemplar para outro leitor. Menos esperançoso. Mais desconfiado dos programas de excelência existencial. Que, se funcionassem, já teriam erradicado a tristeza do mundo. Ele talvez intua que o sucesso não tem fórmulas secretas. Que se a liderança passo a passo fosse eficaz, todos já seriam líderes. Ele provavelmente se dá conta de que fórmulas indiscutíveis escravizam. De que a soberania para deliberar sobre a própria vida – com todos os riscos – é nosso único verdadeiro patrimônio. Inalienável.”

Trata-se, portanto, de um interessante passeio pelo universo filosófico, de maneira leve, divertida e muito próxima da vida comum. Este, sim, um trabalho de sucesso, já que entre as palestras que Clovis de Barros Filho realiza em todo o País, a “Vida que vale a pena ser vivida” passou a ser a mais solicitada nos últimos dois anos.

 

OS AUTORES

 

Clóvis de Barros Filho é graduado em Direito na USP e em Jornalismo pela Cásper Líbero, fez doutorado na Universidade de Paris III e em Comunicação pela Escola de Comunicações e Artes da USP, com créditos na Universidade de Navarra. É professor livre-docente da ECA/USP. Considerado por revistas especializadas um dos melhores palestrantes corporativos do Brasil. De 2007 a 2010 mais de 150 mil pessoas ouviram palestras ministradas pelo autor. Entre os vários temas de conferência a “Vida que vale a pena ser vivida” passou a ser a mais solicitada nos últimos dois anos.

 

Arthur Meucci é bacharel, licenciado pleno e mestre em Filosofia pela USP, tem formação em psicanálise pelo IBCP. Professor, conferencista e consultor do Espaço Ética, trabalha diretamente com setores de capacitação e treinamento em RHs e Compliances de grandes corporações. A sólida formação filosófica casada com a sensibilidade psicanalítica o tornou um profundo conhecedor da condição humana em todos os níveis – desde o familiar até o profissional.

 

SERVIÇO

Palestra: A vida que vale a pena ser vivida

Data: 02/06/2010 – Quarta-feira

Horário: 19h

Local: Instituto Teológico Franciscano

Rua Coronel Veiga, 550

Centro – Petrópolis/ RJ

(24) 2243-9959/ (24) 2231-6409

secretaria@itf.org.br

www.itf.org.br

 

Ingresso: R$5,00 (cinco reais) por pessoa

Vendas antecipadas:

- Livraria Vozes

Rua do Imperador, 834

Centro – Petrópolis/ RJ

(24) 2246-5552/ (24) 2246-5292

 

- Showroom Editora Vozes

Rua Frei Luis, 100

Centro – Petrópolis/ RJ

(24) 2231-9000

 

Livro: A vida que vale a pena ser vivida

Editora Vozes

ISBN: 978-85-326-3958-5

www.editoravozes.com.br

Valor: R$22,00 (vinte e dois reais)

 

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO – COMUNICAÇÃO LIVRE

Carla Coelho

carlacoelho03@comunicacaolivre.com.br

(24) 2231-9707/ (24) 9955-2730/ (21) 9278-0555

 




 

 

Área do Município: 795.798 km²
População estimada (2013): 297.888 habitantes (95% alfabetizada)
Densidade Demográfica (2013): 371,85 habitantes/km²
PIB (2011): R$ 9.212.328.000,00 (R$ 30.925,47 per capta)
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (2010): 0,745 (13º dentre 92 no RJ)
Fonte: IBGE  
DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS