Petrópolis, 05 de Dezembro de 2019.
Matérias >> IPGPar: Plano Estratégico de Petrópolis - PEP20 >> GT6 - Cidadania
   
  Dados do ISP revelam redução de crimes na cidade em outubro

Data: 27/11/2019

 

Dados do ISP revelam redução de crimes na cidade em outubro

JANAINA DO CARMO - Redação Tribuna


De acordo com os dados do Instituto de Segurança Pública (ISP) do Estado do Rio de Janeiro, divulgados esta semana, os crimes como estupro, roubos, furtos e homicídios tiveram quedas no mês de outubro em comparação ao mesmo período do ano passado.

Os casos de estupro, por exemplo, tiveram uma redução de cerca de 14%. Já os assassinatos, a queda foi de 12% em relação a outubro do ano passado. Os registros de roubos caíram 9% no mesmo período e os furtos tiveram uma queda de 11,7%.

Apesar dos dados positivos, um crime de estelionato continua apresentando altos índices. Os casos cresceram 6,4% em um ano de acordo com os dados do ISP. Foram registrados de janeiro a outubro 435 crimes nas duas delegacias de polícia – 105ª (Retiro) e 106ª (Itaipava). No mesmo período do ano passado, foram 409 ocorrências.

Também houve aumento em comparação ao mês de outubro. No mês passado, as duas delegacias registram 46 casos de estelionato, enquanto no mesmo mês de 2018, foram no total 38. Em relação a setembro, também foi registrado um aumento nos registros para este tipo de crime: foram 47 boletins nas unidades policiais.

Entre os crimes de estelionato mais comuns está a clonagem das contas do whatsapp. Só na 105ª Delegacia de Polícia, no Retiro, a clonagem dessas contas já representa 31% dos registros. De primeiro de setembro até quatro de outubro, foram 18 casos notificados pela unidade policial. Entre as vítimas está até o prefeito Bernardo Rossi que teve a conta clonada. Alguns dos contatos do prefeito receberam mensagens pedindo dinheiro o que levantou a suspeita do crime.

A conta é clonada depois que o golpista envia uma mensagem pedindo que a vítima digite um código de seis dígitos ou click em um link para verificação dos dados. Assim que a conta é clonada, a vítima perde acesso ao whatsapp e algumas só conseguem perceber quando recebem mensagens de alguns dos seus contatos informando sobre pedidos de dinheiro.




 

 

DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS