Petrópolis, 14 de Outubro de 2019.
Matérias >> IPGPar: Plano Estratégico de Petrópolis >> GT4 - Desenvolvimento Econômico
   
  Petrópolis fica em 3º lugar no estado entre as cidades mais inteligentes e conectadas

Data: 20/09/2019

 

Petrópolis fica em 3º lugar no estado entre as cidades mais inteligentes e conectadas

Petrópolis se destaca, entre os municípios fluminenses, no ranking que aponta as cidades mais inteligentes do Estado, com base em 70 indicadores sobre conexão pela internet, ficando atrás, apenas, de Niterói e do Rio de Janeiro. Os resultrados foram divulgados em São Paulo, durante realização do Fórum Connected Smartcities.

 

Petrópolis se destacou no Ranking Connected Smart Cities - que analisa 70 indicadores em todas as cidades com mais de 50 mil habitantes, em 11 eixos temáticos, identificando as cidades mais inteligentes. Petrópolis ficou em 3º lugar no estado, ficando atrás apenas de Niterói e da capital. Entre as 100 cidades avaliadas, Petrópolis ficou na 35ª colocação. A lista com os resultados está disponível no site:

https://conteudo.urbansystems.com.br/csc_urban_atual

A divulgação dos resultados ocorreu na última terça-feira durante o Fórum Connected Smartcities, em São Paulo. “Petrópolis tem no setor tecnológico um mercado em crescimento. Abriga empresas de pontas e até o Laboratório Nacional de Computação Científica e tem universidades que formam mão de obra especializada, por isso, esse resultado é importante. Mostra que o conceito de cidade inteligente está cada vez mais forte na nossa cidade e continuaremos trabalhando para garantir que a inovação seja fomentada em todos os setores produtivos”, afirma o prefeito Bernardo Rossi.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Marcelo Fiorini, que representou o prefeito Bernardo Rossi durante o Fórum Connected Smartcities, destacou as iniciativas da Prefeitura para o desenvolvimento do conceito de Cidade Inteligente e salientou que o poder público vem trabalhando no levantamento das ações necessárias para melhorar a conectividade e, também, de que forma a tecnologia pode auxiliar em assuntos como: mobilidade urbana, problemas relacionados à inundações e segurança pública. Um projeto específico sobre esses temas está em fase de elaboração.

“A intenção é de que Petrópolis ocupe a 10ª colocação nesse ranking. Por isso estamos com o projeto SmartCity e, seguimos com as ações como o CERT e Centros de Inclusão Digital que oferecem cursos gratuitos para a população para garantir o acesso tecnológico nas comunidades, criamos a Lei da Inovação, que fomenta o setor e tem como objetivo tornar a cidade ainda mais atrativa para novos empreendedores”, contou Fiorini, acrescentando as ações que estão em destaque na cidade.

“Estamos estudando projetos que utilizarão sensores para, em determinados pontos da cidade, ajudar o poder público a conseguir saídas para desafios urbanos. O resultado mostra que estamos no caminho certo e continuaremos lutando para melhorar a questão da conectividade e fomentar a inovação na nossa cidade”, explicou Marcelo Fiorini.

 




 

 

Área do Município: 795.798 km²
População estimada (2013): 297.888 habitantes (95% alfabetizada)
Densidade Demográfica (2013): 371,85 habitantes/km²
PIB (2011): R$ 9.212.328.000,00 (R$ 30.925,47 per capta)
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (2010): 0,745 (13º dentre 92 no RJ)
Fonte: IBGE
DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS