Petrópolis, 26 de Abril de 2017.
Matérias >> BR-040: obras da NSS
   
  Entidades apóiam decisão do TCU de bloquear repasses para obra da Concer

Data: 28/01/2017

 

Entidades apóiam decisão do TCU de bloquear repasses para obra da Concer

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O acórdão do Tribunal de Contas da União (TCU), que recomenda ao Congresso Nacional o bloqueio de repasses de verbas do Orçamento da União para as obras da Nova Subida da Serra, teve o apoio de entidades da sociedade civil organizada de Petrópolis. Apesar de poder atrasar as obras da duplicação da pista de descida e da nova pista de subida da BR-040, a União não pode liberar recursos para uma concessionária com irregularidades, como apontam as auditorias realizadas pelo do TCU nas contas da Concer.

O presidente da Câmara, vereador Paulo Igor (PMDB), lembrou que “todos desejam maior agilidade nas obras da nova subida da serra”, mas destacou que a recomendação do Tribunal de Contas da União segue critérios técnicos, e buscam garantir que o dinheiro público seja aplicado de forma correta. Paulo Igor apontou, ainda, a substituição da empresa como uma solução para baratear os custos e retomar as obras.

- Essa medida do TCU foi acertada. Infelizmente, prejudica a nossa cidade, uma vez que vai atrasar a obra ainda mais. Todos cobram e desejam maior agilidade nas obras da nova subida da serra, mas, se levar em conta o aspecto do respeito ao dinheiro público, a decisão foi a mais adequada. Esperamos que uma nova licitação seja realizada, pois, além de termos uma nova empresa assumindo a obra, o custo pode ser barateado – afirmou o vereador.

O presidente da 3ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB – Petrópolis), Marcelo Schaefer, vai na mesma linha. Ele torce para que a obra seja concluída, mas concorda com a recomendação do TCU, também levando-se em conta o princípio da economicidade.

- Somos favoráveis à decisão do TCU, afinal, os relatos dos problemas, como descumprimentos contratuais, que são apontados nessa execução são muito grandes. O TCU tem que ter segurança de recomendar o bloqueio dos repasses até que os responsáveis pela obra apresentem a regularidade do contrato. Torço para que a obra da Serra fique pronta, mas o dinheiro público tem que ser bem utilizado – disse o presidente da OAB.

Para Marcelo Fiorini, que dirige o Sindicato do Comércio Varejista de Petrópolis (Sicomércio), o impasse em relação às obras e o estado atual da subida da serra prejudicam muito o setor na cidade, afetando diretamente a economia do município. Fiorini não poupa críticas à concessionária que administra a rodovia.

- A Concer já deu o que tinha que dar. Já está mais do que na hora de fazer uma nova licitação e colocar uma nova empresa para tocar a estrada. A Concer, ao que tudo indica, não cumpriu tudo o que deveria e a obra está parada por questões de irregularidades. Essa situação prejudica a nossa cidade, especialmente a nossa economia. Petrópolis depende deste acesso e isso é muito prejudicial. Queremos um desfecho rápido e a substituição para uma concorrência, para que uma nova empresa possa operar e acabar a obra, que é o melhor para a cidade – disse Marcelo Fiorini.

Procurada pelo Diário, a Concer informou que irá se manifestar oportunamente sobre o acórdão do Tribunal de Contas da União.




 

 

Área do Município: 795.798 km²
População estimada (2013): 297.888 habitantes (95% alfabetizada)
Densidade Demográfica (2013): 371,85 habitantes/km²
PIB (2011): R$ 9.212.328.000,00 (R$ 30.925,47 per capta)
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (2010): 0,745 (13º dentre 92 no RJ)
Fonte: IBGE  
DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS