Petrópolis, 23 de Agosto de 2019.
Matérias >> Cidade >> Notícias
   
  Petrópolis lidera ranking de qualidade de vida na Representação Regional Serrana, diz Firjan

Data: 03/06/2014

 

 
Tribuna de Petrópolis, Terça, 03 Junho 2014 09:37
 
 

A 6ª edição do Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal (IFDM), revelou que Petrópolis está entre os 10 municípios do estado que mais evoluíram entre os anos de 2010 e 2011. A cidade passou do 14º lugar (com o índice de 0,7677, em 2010), para o 7º (com 0,7964, em 2011).

 

A nível nacional, o município aparece na 372ª posição. O índice é responsável por avaliar as condições de educação, saúde, emprego e renda, dos 5.565 municípios brasileiros e varia de zero (mínimo) a 1 ponto (máximo). O IFDM classifica o nível de cada cidade em quatro categorias de desenvolvimento: baixo ( de 0 a 0,4), regular (0,4001 a 0,6), moderado (0,6001 a 0,8) e alto (0,8001 a 1). Quanto mais próximo de 1, maior o desenvolvimento do município.

 

Petrópolis apareceu como a primeira colocada no ranking da Representação Regional Serrana (*) e se manteve líder na região com avanços nas vertentes emprego, renda e educação. 

 

No setor de emprego e renda são avaliadas a geração de emprego formal, absorção de mão de obra local, geração de renda formal, salários médios do emprego formal e desigualdade. Já em educação, o índice avalia o número de matrículas na educação infantil, abandono, distorção idade-série e docentes com ensino superior, média de horas de aula diárias e resultado do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), no ensino fundamental. Enquanto na área de saúde o IFDM considera o número de consultas pré-natal, registro de óbitos por causas mal definidas, óbitos infantis por causas evitáveis e internação sensível à atenção básica. 

 

Entre as cidades com maior IFDM, apareceram Resende, ocupando a primeira posição, com índice de 0,8349;Volta Redonda que saltou da 8ª posição para a 2ª (0,8345) e Nova Friburgo que caiu da 1ª posição para a 3 ª (0,8143). 

 

A cidade de Areal também se destacou na lista passando do 31º lugar para o 11º , com o IFDM de 0,7885. O município se destacou e foi o único a apresentar avanço nas três vertentes, incluindo os altos conceitos em Emprego & Renda e Educação. 

 

Todas as cidades da região avançaram no IFDM-Educação. Paraíba do Sul foi a que alcançou a melhor avaliação (0,8307), tendo sido considerada com alto desenvolvimento, a única da serra nesse patamar.

 

O IFDM-Saúde, na região, foi a vertente com maior número de municípios com alto desenvolvimento: Petrópolis (0,8448), Areal (0,8418) e Paraíba do Sul (0,8415). Na vertente Emprego e Renda, os municípios da região se concentraram nas classificações intermediárias: quatro apresentaram desenvolvimento moderado, dois registraram desenvolvimento regular e apenas Areal ficou com alto desenvolvimento. 

 

A nível nacional o índice revelou que a educação e a saúde foram os grandes destaques para que o país mantivesse em 2011 o nível de desenvolvimento moderado observado na última década. Criado em 2008, o IFDM tem como objetivo monitorar o desenvolvimento socioeconômico do país. 

 

Segundo a Firjan, os resultados obtidos têm base em informações oficiais dos ministérios da Educação, Saúde, Trabalho e Emprego. Nesta edição foram utilizados os dados de 2011, o que permite a comparação do desenvolvimento dos municípios com o ano de 2010. 

 

Aline Rickly
RedaçãoTribuna

 

(*) São 7 os municípios da Representação Regional Serrana: Sapucaia, Três Rios, Paraíba do Sul, Areal, São José do Vale do Rio Preto, Petrópolis, Comendador Levy Gasparian.




 

 

Área do Município: 795.798 km²
População estimada (2013): 297.888 habitantes (95% alfabetizada)
Densidade Demográfica (2013): 371,85 habitantes/km²
PIB (2011): R$ 9.212.328.000,00 (R$ 30.925,47 per capta)
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (2010): 0,745 (13º dentre 92 no RJ)
Fonte: IBGE
DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS