Petrópolis, 17 de Junho de 2019.
Matérias >> Cidade >> Notícias
   
  Floriculturas vão distribuir material informativo de prevenção à dengue

Data: 03/10/2013

 Com 178 mil casos de dengue registrados entre novembro de 2012 e maio desde ano, período de maior incidência, o Estado do Rio vai ganhar mais um instrumento de prevenção à doença. Aprovado nesta quarta-feira (02), projeto de lei do deputado estadual Bernardo Rossi (PMDB) estabelece que o comércio de vasos, pratos e demais recipientes destinados ao cultivo de plantas deverá destinar local para a

colocação de material sobre o combate à dengue. O projeto foi aprovado em segunda discussão e vai agora à sanção do governador Sérgio Cabral.


- Hoje, pelo aumento da produção de flores no país - com destaque para Petrópolis que é terceiro no Estado - o número de floriculturas aumentou. Temos quiosques em galerias e shoppings e até mesmo os supermercados comercializam plantas. A prevenção deve estar associada a este tipo de comércio", defende Bernardo Rossi.


O material, na forma de prospectos, será desenvolvido pela Secretaria de Estado de Saúde, que fará sua distribuição, através das prefeituras, ao comércio do ramo em todo o estado. Bernardo enfatiza que o custo da confecção do material é do Estado e que os estabelecimentos devem apenas ter um local visível para colocar à mostra dos clientes os prospectos. "Também esperamos que o lojista possa incentivar o consumidor a levar para casa um panfleto com indicações preventivas. É uma questão de cidadania", considera.


O Estado do Rio contabilizou 28 óbitos decorrentes da dengue. Foram mais de 178 mil casos nos 92 municípios fluminenses. Petrópolis aparece nas estatísticas com uma morte e 171 casos registrados. E
desse total, 82 contraíram a doença no próprio município. Outros 99 casos foram contraídos em outras cidades.


- Este ano, foram 42 municípios com epidemia e até mesmo cidades serranas onde a doença era afastada pelas baixas temperaturas que não eram propícias ao mosquito transmissor, há uma propagação da dengue Quanto mais informação, melhor para todos", defende Bernardo Rossi.




 

 

Área do Município: 795.798 km²
População estimada (2013): 297.888 habitantes (95% alfabetizada)
Densidade Demográfica (2013): 371,85 habitantes/km²
PIB (2011): R$ 9.212.328.000,00 (R$ 30.925,47 per capta)
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (2010): 0,745 (13º dentre 92 no RJ)
Fonte: IBGE
DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS