Petrópolis, 23 de Agosto de 2019.
Matérias >> Cidade >> Notícias
   
  Reunião fala sobre ativação do SAMU em Petrópolis

Data: 12/09/2013

 nformações sobre a implantação do serviço em Petrópolis foram dadas durante encontro, que aconteceu essa semana na cidade de Nova Friburgo.

 

 

A reativação do Consórcio Intermunicipal de Saúde da Região Serrana foi a principal discussão do encontro da Comissão Intergestora Regional (CIR – Serrana) realizada em Nova Friburgo. O secretário de Saúde, André Pombo, levou um balanço de todas as ações para a implantação do Serviço Móvel de Urgência (Samu) em Petrópolis, para o atendimento à Região Serrana. 

O consórcio é formado por 16 municípios serranos do Estado e desde 2012 encontra-se esvaziado. Uma das principais bandeiras do consórcio é justamente o início do Samu na Região Serrana.

“O prédio onde funcionará o serviço passou por reforma e está sendo adequado conforme as determinações do Ministério da Saúde; realizamos o processo seletivo para a contratação dos profissionais; compramos os materiais e equipamentos usados no atendimento e também o uniforme utilizado pela equipe. Estamos na reta final para iniciarmos o serviço”, disse o secretário de saúde, André Pombo.

A coordenadora de urgência e emergência do Estado, Gisela Motta de Miranda, elogiou o que vem sendo feito por Petrópolis para estruturar o Samu no município, mas ressaltou que os custos são altos e com a reativação do consórcio as verbas destinadas pelo Ministério da Saúde são maiores. “É muito importante que o consórcio seja reestruturado”, frisou.

A reunião contou ainda com representantes do Ministério da Saúde e do Conselho Municipal de Secretarias de Saúde do Estado do Rio de Janeiro (Cosems/RJ), que também enfatizaram a importância da reativação do consórcio. “Para que o Samu funcione em toda a região é preciso que o consórcio esteja fortalecido. Petrópolis está fazendo a sua parte e estruturando o serviço, mas é preciso que todos os municípios se unam para viabilizar o Samu em toda a região”, alertou a consultora do SAMU do Ministério da Saúde, Luciana Nunes.




 

 

Área do Município: 795.798 km²
População estimada (2013): 297.888 habitantes (95% alfabetizada)
Densidade Demográfica (2013): 371,85 habitantes/km²
PIB (2011): R$ 9.212.328.000,00 (R$ 30.925,47 per capta)
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (2010): 0,745 (13º dentre 92 no RJ)
Fonte: IBGE
DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS