Petrópolis, 17 de Junho de 2019.
Matérias >> Cidade >> Notícias
   
  Tecnologia de ponta para tratar esgoto do Bingen

Data: 06/07/2012

 

 

Com equipamento de ponta, alta tecnologia e consciência ambiental, a Estação de Tratamento de Esgoto – ETE Piabanha foi inaugurada ontem de manhã, pela Águas do Imperador. A expectativa é de tratar 11 milhões de litros de esgoto por dia, atendendo a uma média de 30 mil moradores da Mosela e Bingen. Essa é a primeira estação do país a utilizar um sistema diferenciado de aeração, aumentando a eficiência do tratamento e reduzindo o consumo de energia em 30%.

O processo consiste num tratamento aeróbio, utilizando lodo ativado e aeração prolongada, que se dá na presença de oxigênio. São sistemas com elevada eficiência na degradação de cargas orgânicas poluidoras dos efluentes, podendo chegar a remover 95% da DBO (Demanda Bioquímica por Oxigênio). A ETE Piabanha também possui um processo de tratamento inteiramente biológico e seu projeto é alinhado com as atuais necessidades de sustentabilidade e preservação ambiental. Conta ainda com captação e utilização de energia solar; reutilização da água; uma estufa para produção de mudas nativas para ações de reflorestamento; tratamento paisagístico sofisticado, com jardins suspensos que cobrem os tanques da unidade, e um auditório com 50 lugares, destinado a reuniões com a comunidade e para receber alunos que participam do Programa de Educação Ambiental desenvolvido pela Águas do Imperador.

O funcionamento da ETE é bastante complexo. Ao chegar à estação, o esgoto passa por um tratamento preliminar, em que os materiais grosseiros, areias e gorduras são retirados. A partir daí, é conduzido a tanques de aeração onde as próprias bactérias presentes no esgoto digerem o material orgânico. Em seguida, o esgoto passa por tanques de decantação, onde a parte sólida, mais pesada, separa-se da parte líquida, sendo então desidratada e podendo ser aproveitada como adubo. A parte líquida ao final deste processo transforma-se em água limpa e própria para a vida aquática, estando em condições de ser lançada novamente no rio.

 

Mais de cem pessoas na inauguração

A solenidade teve início por volta das 10h30, com a presença de autoridades petropolitanas, como o prefeito Paulo Mustrangi e o vice-prefeito Osvaldo Costa Frias, assim como parte do secretariado. O vereador Paulo Igor, presidente da Câmara Municipal, assim como Albano Filho, Renato Thomé e Silmar Fortes, também prestigiaram o evento. Mais de cem pessoas, além de funcionários da concessionária, participaram da inauguração.

Durante seu discurso, Márcio Salles, superintendente da Águas do Imperador, destacou que ainda neste ano serão construídas as estações de Nogueira e Corrêas, elevando para 85% o percentual de esgotos urbanos tratados em Petrópolis. “Para 2013, a meta é a construção de mais quatros estações de esgotos no Itamarati, Cascatinha, Itaipava e Pedro do Rio”, disse.

Já o diretor Carlos Henrique da Cruz Lima ressaltou o trabalho que vem sendo realizado pela concessionária no município, desde 1998. “Muitas regiões sequer contavam com água encanada e não havia tratamento de esgotos na cidade”, disse.

 


 

Redação Tribuna

 




 

 

Área do Município: 795.798 km²
População estimada (2013): 297.888 habitantes (95% alfabetizada)
Densidade Demográfica (2013): 371,85 habitantes/km²
PIB (2011): R$ 9.212.328.000,00 (R$ 30.925,47 per capta)
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (2010): 0,745 (13º dentre 92 no RJ)
Fonte: IBGE
DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS