Petrópolis, 21 de Novembro de 2018.
Matérias >> INK: Instituto Koeler
   
  Apea debateu sobre Instituto Koeler

Data: 10/02/2012

     A Associação Petropolitana de Engenheiros e Arquitetos (Apea) debateu no dia 7 de fevereiro a criação do Instituto Koeler em reunião na Câmara de Dirigentes Lojistas de Petrópolis (CDL), a partir das 18:30, com profissionais da área e convidados.

     Dúvidas relacionadas à criação do Instituto foram debatidas com profissionais do sistema Crea (Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura) e CAU (Conselho de Arquitetos e Urbanistas), com a presença do secretário de Planejamento de Petrópolis, Henrique Ahrends, e com o coordenador da criaçãodo Instituto, Agnaldo Goivinho.

     A intenção da reunião foi saber a forma como poderá ser implantado o Instituto Koeler e como será a atuação na implementação das políticas públicas do município.

     Segundo o presidente da Apea, Luiz Antonio do Amaral, a necessidade de ter em Petrópolis Plano Diretor, Plano de Mobilidade Urbana, Plano Municipal de Habitação e Saneamento, Lei de Uso e Ocupação do Solo e outrps reforça a necessidade de uma maior participação dos técnicos na elaboração desses planos.

     -Sabemos que apesar de termos eleições em outubro próximo, seria também importante saber como pensam os postulantes do cargo de Prefeito de Petrópolis pelo menos uma vez qua a contiunuidadede políticas ainda não é uma regra em nossa sociedade com um todo, e daí a necessidade de envolver a sociedade para que, caso seja vontade dos munícipes, o encaminhamento dessas propostas não parem durante o pleito eleitoral e seja apoiado pelos que comandarão o Poder Executivo município no próximo ano - declarou.

     Além dos profissionais da engenharia e arquitetura, foram convidados os membros do Comitê Pró Petrópolis, que no mesmo dia promoveram às 9 da manhã no auditório da Universidade Católica de Petrópolis um seminário de políticas públicas participativas. A intenção foi dar visibilidade aos temas e envolver o máximo a sociedade petropolitana nas discussões que são de interesse geral.




 

 

Área do Município: 795.798 km²
População estimada (2013): 297.888 habitantes (95% alfabetizada)
Densidade Demográfica (2013): 371,85 habitantes/km²
PIB (2011): R$ 9.212.328.000,00 (R$ 30.925,47 per capta)
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (2010): 0,745 (13º dentre 92 no RJ)
Fonte: IBGE  
DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS