Petrópolis, 16 de Julho de 2018.
Matérias >> Frente Pró-Petrópolis >> Pautas e Atas
   
  FPP: pauta da reunião prevista para 18.03.2014: 9:00-12:00h

Data: 11/03/2014

FRENTE PRÓ-PETRÓPOLIS - FPP

Pauta da reunião de 18.03.2014, das 09:00 às 12:00 horas

FIRJAN – Av. D. Pedro I. 275 – 25610-020 – Petrópolis – R.J. – Tel.: 2242.3865

Contatos: phiguedon@gmail.com / dadosmunicipais@gmail.com

 

            ATENÇÃO: A REUNIÃO DO DIA 18 SERÁ MARCADA PELA PRESENÇA DA SENHORA THEREZA LOBO, DA ASSOCIAÇÃO “RIO, COMO VAMOS”, QUE ACEITOU VIR APRESENTAR À FPP UM DATA SHOW SOBRE AS ATIVIDADES DA ONG. RECOMENDAMOS A PRESENÇA DE TODOS.

 

 

I – PRESENÇAS REGISTRADAS E DATAS DAS PRÓXIMAS REUNIÕES

01 - Ausências justificadas:

02 - Folha de Presenças:

03 - Calendário dos próximos 3 meses (1ª e 3ª terças-feiras de cada mês, das 9 às 12 horas):

Março: 18

Abril: 01 e 15

Maio: 06 e 20

 

II – RIO, COMO VAMOS

            À vista da 1ª edição de O BRADO DE PETRÓPOLIS, o nosso Amigo Prof. Manoel Ribeiro teve a gentileza de sugerir contato da Frente Pró-Petrópolis com a ONG “Rio como vamos” do Rio de Janeiro. Os leitores de O Globo estão acostumados a ler matérias publicadas por esta Organização, que se constitui em referência.

            Munidos do e-mail da Senhora Thereza Lobo, amavelmente cedido pelo Professor Manoel, remetemos mensagem apresentando a FPP e sugerindo, se possível, uma visita a Petrópolis para um encontro e uma aproximação entre as duas Entidades.

            A Senhora Thereza Lobo, de pronto, colocou-se ao dispor da FPP e, posteriormente, confirmou a sua vinda para a terça feira, 18 de março. Por ter de atender a outros compromissos, não poderá almoçar conosco, como era desejo da Frente, mas esperamos que a recepção, calorosa e atenta, compensará a fadiga de uma viagem de ida e volta sem um momento de “relax”.

            Os presentes à reunião de terça feira, 18, que confiamos serão numerosos, terão ensejo de conhecer a “Rio como vamos”, saber como se apresenta a sua estrutura, quais são os seus programas de ação e os seus propósitos.

            É sabido que a FPP deseja estabelecer laços de intercâmbio com movimentos representativos da Sociedade Civil em outros Municípios. É nosso sentimento que a troca de vivências, traduzidas por êxitos e insucessos, os erros e acertos, será gratificante para cariocas e petropolitanos, resguardadas as proporções relativas. A gestão participativa requer este somatório entre companheiros de prática cidadã.

            Trataremos do expediente da FPP até o momento da chegada da Senhora Thereza, quando passaremos a dar toda a atenção aos preciosos momentos de diálogo com “Rio como vamos”. A presença de cada integrante da FPP é aguardada; com ênfase especial, reiteramos aos nossos Companheiros e Companheiras que atuam na Prefeitura e na Câmara, que a partilha de uma manhã como esta de terça feira, 18, fica muito mais plena de significado quando as Autoridades se fazem presentes ao lado da Sociedade. Que sejam muito bem-vindos todos!

 

II – COMITÊ GESTOR PORTAL DADOS MUNICIPAIS

01 - Tópicos diversos:

a) Eis o relato da visita que Renato Araújo e eu fizemos ao Rogério da EquipeWeb, elaborado por Rogério.

“Eu e Guédon tivemos uma reunião hoje pela manhã com o Rogério da EquipeWeb. Foi muito esclarecedora e produtiva. Os caminhos que podemos seguir estão mais claros e as dúvidas sanadas. Seguem os pontos tratados:

1. O "dono" do portal (registro) é o IPHS. Temos, então, duas opções:

a) Contatá-los e solicitar que nos transfiram o registro;

b) Criar novo registro (nome).

2. Apesar do registro em nome do IPHS, o pagamento (a conta) que estava registrada no CAALL, será transferido para o IPGP. Assim, mantemos certo "controle" até decidir o que fazer (manutenção).

3. Enviar os dados do IPGP para a EquipeWeb efetuar a troca:Feito!.

4. Caso decidamos criar novo nome, podemos manter os dois sitios em paralelo (o antigo orientando para o atual) por 1 a 2 meses, sem custos.

5. Solicitamos à EquipeWeb instalar gratuitamente a ferramenta Google Analytics, que nos dará uma grande quantidade de dados de visitação/utilização do portal.

6. Os dados do portal são guardados nos servidores da Compuland. Em princípio, não temos problemas de espaço.

7. Ferramenta de propaganda (para financiamento) Google Add Words:

vamos estudar esta possibilidade após análise dos dados de visitação do portal.

8. Sitio atual: EquipeWeb trocará, sem custos, as "caixas" notícias x destaques.

9. O desenho do portal foi feito de maneira customizada (específica).

É muito simples a sua manutenção. Hoje, temos o suporte da EquipeWeb para qualquer problema, sem custos adicionais. Qualquer modificação no portal atual por nossa conta e custo.

10. E-mail: podemos criar um novo e-mail no próprio portal. Por exemplo, contato@dadosmunicipais.org.br. Podemos, também, manter o e-mail do Google (dadosmunicipais@gmail.com) e criar grupos que nos facilitariam o envio dos Brados (mala direta), pois não teríamos mais limitações de quantidades. à estudar.

11. Novo portal: não falamos especificamente de custos, mas que devemos vir com as idéias já prontas (desenho, ferramentas, informações, etc.) para facilitar e, talvez, reduzir o preço.

12. Propaganda/financiamento: além do Google Add Words, podemos utilizar os 4 ícones do portal atual para gerar alguma receita.

Temos ainda outras decisões que trataremos mais a frente. Qualquer dúvida, nos informem. Abs, Renato Araujo”

            Ficou formada no IPGP Comissão de acompanhamento do Portal, constituída por Sílvia, Paulo Martins e Marcus Curvelo, que manterão o contato permanente com Renato Araújo, FPP.  

 

b) Situação da coleta do 1º trimestre de 2.014 (jan-mar): R$ 10,00 por mês, sejam R$ 30,00 para o trimestre: Neyse Lioy, (janeiro a junho) R$ 60,00; Jonny Klemperer (R$ 120,00, ref. 2014), André e Maria Inês: R$ 30,00; Prof. Francisco: R$ 30,00; Humberto Fadini:  R$ 30,00; Luiz Fernando Racco, R$ 30,00; Carlos Eduardo Pereira (julho 2013 a março 2.014) R$ 90,00; Lucia Guédon: R$ 30,00; Sílvia Guedon: R$ 30,00; Philippe Guédon: R$ 30,00; Maria Helena Arrochellas: R$ 30,00; Rolf Dieringer, R$ 30,00; Roberto Rocha Passos: R$ 10,00. Silmar pediu para ser incluído numa próxima reunião. Salvo algum acréscimo posterior, está definido o CG/Dados para 2.014. Vamos programar  uma reunião específica do Comitê em data (abril) e local a serem definidos.

 

c) Vamos propor, em próxima reunião da FPP, a hipótese de nos organizarmos em “Shadow Cabinet”, ou Secretariado de Sombras, dividindo o acompanhamento das áreas que compõem a PMP entre nós. Por experiência partidária própria, acredito que poderia ser uma maneira interessante de aproximação entre o poder público e a população. Será apenas uma sugestão, que tanto poderá ser aceita, como alterada ou rejeitada.

 

d) – Capacitação de Conselheiros e de lideranças comunitárias: Paulo Martins aguarda a reunião a ser marcada por Fernanda Ferreira. Sílvia e Paulo vão remeter uma cópia do DVD para Silmar. Se for possível reunirmos o GAP (com o NACC), a Comissão de Direitos Humanos da Câmara (da qual Silmar faz parte), a FPP, o IPGP e o ComCidade para organizarmos um esforço conjunto de capacitação, seria  certamente decisivo. para trocar idéias sobre o tema. Sem capacitação prévia, não pode haver participação.

Repetimos o texto da ata, pois não nos chegou informação de evolução do assunto.

 

IV – AÇÕES DA FPP

01 – IPPLAP e INK: Nada de novo.  Não retiramos o tema da pauta, para evitar que seja esquecido de vez.

 

02 – Plano Diretor: Aguardamos a sanção e publicação no DO. Silmar teve a gentileza de nos passar cópia da emenda de Jonny Klemperer aprovada.

 

03 – BRADO DE PETRÓPOLIS pela Gestão Participativa: A edição nº 03 será despachada nos dias à volta de 15 de março. Saiu matéria a respeito na Tribuna.

 

04 – Audiência Pública LDO. Os integrantes da FPP (do Governo e da Sociedade) já sabem como deve ser uma Audiência Pública, graças à Dra. Evanna Soares. O prazo de que dispomos até 15 de abril – data da entrega do PL à Câmara – já não oferece muita margem de segurança para a realização de uma verdadeira AP, que temos certeza é o modelo que o Executivo quer realizar. Pois a AP é para debater o PL, e não algumas idéias gerais a respeito, ou seja, a LDO deve estar montada, ter sido divulgada antes, e permitir que os comentários da população sejam realmente levados em conta. Além do mais, ampla divulgação e ata APROVADA devem ser providenciadas. Se nós queremos alcançar o patamar da gestão participativa, decorridos 13 anos do Estatuto e 14 da LRF, é hora de nos darmos as mãos. A AP na fase de discussão é momento distinto, que deveremos, mais adiante, tratar com a Câmara.

 

05 – Audiência Pública relativa à BR 040: Atendendo às ponderações de Companheiros, suspendemos o tema. Nem a Comissão Tripartite, acertada na Câmara em meados de 2.013, fez objeto de composição, por obstrução da ANTT... O Gabinete do Deputado Bernardo Rossi remeteu a filmagem (DVD) para Renato, via Fernando Fortes, amigo de todos nós. A ata ainda não foi elaborada. Mas a filmagem é extremamente explícita.

 

06 – Recebemos a seguinte mensagem da Dra. Janaína: “Prezado Philippe, como vai? Muito obrigada pelo material (Nota: texto da Dra. Evanna sobre AP), gostei muito, já salvei no meu computador e pretendo utilizar nas minhas pesquisas, muito obrigada pela dica! Retornei às atividades na UPF antes do carnaval, coração um pouco apertado mas revigorado pelo período que fiquei dedicada à família. As crianças estão ótimas, com a graça de Deus, vou te mandar algumas fotos neste email. Como aprovamos perante a CAPES o mestrado em direito da UPF e também o doutorado em história da UPF, tenho muitos desafios pela frente, agora atuando nos dois programas. Mas isso também abre mais possibilidades de realizar projetos, como por exemplo o seminário que havíamos pensado. Como está o andamento da proposta, você já está pensando como poderemos fazer? Fico aqui à disposição para concretizarmos a ideia. Um grande abraço, Janaína e família”.

            Falaremos de um projeto de “Mesa Redonda” na primeira reunião de Maio. Seria formidável se pudéssemos contar com a presença da Dra. Janaína e da Dra. Evanna.

 

IV – VALE DO CUIABÁ

 

01 – Mensagem recebida de Silmar Fortes: “Bom dia, gostaria de convidar a todos para a próxima reunião da Comissão das Chuvas que ocorrerá dia 18 de março de 2014, às 13:30, na Sala das Comissões da Câmara Municipal.

Abraços, Vereador Silmar Fortes Câmara Municipal de Petrópolis

24- 2291-9220 




 

 

Área do Município: 795.798 km²
População estimada (2013): 297.888 habitantes (95% alfabetizada)
Densidade Demográfica (2013): 371,85 habitantes/km²
PIB (2011): R$ 9.212.328.000,00 (R$ 30.925,47 per capta)
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (2010): 0,745 (13º dentre 92 no RJ)
Fonte: IBGE  
DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS