Petrópolis, 19 de Agosto de 2019.
Matérias >> Poder Executivo Mun.
   
  Meio Ambiente terá seis grandes projetos nos próximos meses

Data: 20/02/2009

Observatório dos Pássaros, Código Municipal do Meio Ambiente, Aterro Sanitário, Grupamento de Proteção Ambiental (GPA), Cinturão Verde e Agente Mirim Ambiental (AMA). Esses são os seis grandes projetos prometidos para os próximos meses pelo secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Luís Eduardo Moreira Peixoto. De acordo com o secretário, a instrução do prefeito Paulo Mustrangi é para conter o crescimento desordenado e impedir novas invasões na área de proteção ambiental, além de investir forte na educação ambiental.

 

Para o Parque Ecológico Municipal, Peixoto não quis prometer datas, mas acredita ser possível a inauguração do Parque em 2009. Ele ainda afirmou que instalação do Conselho Gestor foi um grande passo para o Parque e que todas as decisões serão tomadas em conjunto.

 

“Não posso afirmar (que o Parque seja inaugurado nesse ano), mas se depender da vontade da Secretaria, não demorará muito. A partir do momento em que cria o Conselho Gestor, pode-se dizer que o processo já está encaminhado. Nós vamos buscar recursos e acabar de fazer a parte da frente, que está muito feia, consultando algum paisagista para fazer melhoras, mas sem quebrar nada, porque a entrada foi feita com dinheiro público. E falta também construir a sede. O Parque é a vegetação, é isso que tem que ser preservado”, observou Peixoto.

 

Cinturão Verde

 

De acordo com o secretário, o foco da pasta em proteger a área verde será no município como um todo, e não em um bairro específico. Para isso, a secretaria instalará o “Cinturão Verde” em vários bairros, delimitando a área protegida. “Serão feitos vários cinturões. Com o plantio de vegetação para proteger as áreas de preservação, usaremos cerca viva e outro tipo de cerca com um material que não agrida o meio ambiente”, explicou Peixoto, que não quis adiantar as áreas que terão cinturão, pois os possíveis invasores poderiam se beneficiar da informação.

 

Observatório dos Pássaros

 

Devido à prática constante de apreensão ilegal de pássaros em Petrópolis, a secretaria do Meio Ambiente dará início na cidade a “Observatório dos Pássaros”, em parceria com o programa “Pássaro Legal é Pássaro Solto”, que será implantado no Parque da Serra dos Órgãos. O Observatório atuará em duas frentes para acabar com a apreensão ilegal: através da fiscalização, em parceria com o Ibama, e com a educação ambiental, buscando divulgar necessidade do pássaro não ficar na gaiola.

 

Agente Mirim Ambiental (AMA)

 

A secretaria, em parceria com o 32º Batalhão de Infantaria Motorizado (32º BIMTZ), treinará 60 crianças, de 10 a 15 anos, para serem agentes mirins ambientais. 30 deles serão das escolas públicas e 30 pela comunidade. “O agente vai a campo plantar árvores e visitar reservas. O objetivo é que o jovem já comece a ter a personalidade ambiental formada. Assim, ele vai ser um agente multiplicador”, analisou Peixoto. O projeto está previsto para abril.

 

Aterro Sanitário

 

O projeto do aterro sanitário ecologicamente correto está em fase de reuniões com representantes de outros seis municípios. A idéia é fazer um único aterro para atender sete municípios da região. Com isso, o aterro de Pedro do Rio será desativado. O projeto inicial foi desenvolvido pela secretaria municipal de Meio Ambiente em parceria com a Comdep, mas o projeto final será da Secretaria de Meio Ambiente do Estado.

 

Grupamento de Proteção Ambiental (GPA)

 

O município conta com 16 GPA’s,que têm o objetivo de fiscalizar a área verde d município. Segundo Peixoto, o número de grupamentos vai aumentando de acordo com a necessidade da cidade. “A intenção é melhorar e chegar até a 27”, explicou Peixoto.

 

Código Municipal do Meio Ambiente

 

O Código Municipal será uma maneira de unir todas as leis municipais, estaduais e federais em um só código. “Com isso, teremos uma maior capacidade de preservar e planejar o meio ambiente. Temos muitas leis ambientais, mas agora vamos organizá-las e regulamentá-las”, anunciou Peixoto.

 

 

Fonte: Diário de Petrópolis – 15 de fevereiro de 2009.

Autor: Vinícius Henter




 

 

Área do Município: 795.798 km²
População estimada (2013): 297.888 habitantes (95% alfabetizada)
Densidade Demográfica (2013): 371,85 habitantes/km²
PIB (2011): R$ 9.212.328.000,00 (R$ 30.925,47 per capta)
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (2010): 0,745 (13º dentre 92 no RJ)
Fonte: IBGE
DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS