Petrópolis, 23 de Setembro de 2017.
Matérias >> Conselhos Municipais >> COMUTRAN/CPTrans
   
  Projetos de alto impacto e baixo custo são apresentados na 13ª Conferência de Trânsito e Transportes

Data: 29/01/2017

 

Projetos de alto impacto e baixo custo são apresentados na 13ª Conferência de Trânsito e Transportes

 

Acordo de cooperação vai identificar e reduzir problemas de trânsito e melhorar a malha viária

Projetos de alto impacto e baixo custo para a mobilidade da população de Petrópolis marcaram o segundo dia da 13º edição da Conferência de Trânsito e Transportes. O evento, realizado na manhã deste sábado (28.01), contou com a presença de cerca de 400 pessoas na Casa dos Conselhos, sede da Prefeitura. Um amplo acordo de cooperação técnica para identificar e reduzir problemas no trânsito e melhorar a malha viária foi assinado com a Federação das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Rio de Janeiro (Fetranspor) e o Sindicato das Empresas de Transportes Rodoviários de Petrópolis (Setranspetro). O primeiro passo desta parceria será a implementação do aplicativo Vá de Ônibus, que vai indicar, por meio de GPS, o local em que o veículo de uma determinada linha se encontra.

A novidade, que estará disponível aos usuários petropolitanos em breve, vai trazer informações de todas as linhas e pontos de parada no município. Ele também terá informações de tarifa, posicionamento do veículo em tempo real, mapa dos arredores e realidade aumentada. Aparelhos com os sistemas Android e iOS poderão baixar o aplicativo.

Outros benefícios do acordo incluem o diagnóstico preliminar dos principais problemas do trânsito no município; apoio à reavaliação de pesquisas de campo para avaliação do sistema de transporte público e do sistema viário; auxilio no mapeamento em sistema de georreferenciamento de todos os pontos de parada, terminais e itinerários das linhas de ônibus; dentre outros.

O secretário-chefe de Gabinete, Renan Campos, representando Bernardo Rossi, levou aos participantes mensagem do prefeito: “Estamos encontrando soluções possíveis, diante da situação tão adversa do país, para conseguir avançar. Petrópolis sente no dia a dia o atraso no sistema de transporte porque há anos não tem uma política firme e consistente. Estamos mudando esta realidade e a CPTrans, mesmo com tão pouco tempo de trabalho, já vem trazendo resultados positivos para a nossa a cidade. Os programas de Sinalização, de Integração e de Controlador Voluntário, sem dúvidas, terão grande impacto na atual situação do trânsito e do transporte no município”, destacou.

Os programas foram apresentados pelo diretor técnico operacional da CPTrans, Luciano Moreira. Ele explicou que o Programa de Sinalização já começou a ser implantado e consiste na correção da sinalização viária tanto vertical quanto horizontal. Também já foram pintadas mais de 50 faixas de pedestres em toda a cidade, que faz parte deste trabalho. Já o programa de Integração visa unir os esforços da CPTrans, Guarda Civil, Secretaria de Saúde, Bombeiros, Samu, Defesa Civil e Polícia Militar para, entre outras coisas, ter informações sobre o fluxo de operações. Isso vai evitar a duplicidade de controle não necessário pelas entidades.

“A CPTrans quer lançar o programa de Controlador Voluntário. Vamos solicitar junto às entidades, como escolas por exemplo, um profissional que será o controlador. Ele receberá treinamento adequado como um profissional da Companhia e poderá atuar no trânsito orientando motoristas e pedestres. Essa medida é simples, sem custo e fará diferença no dia a dia dos petropolitanos”, explicou Luciano.
O evento contou com a presença da representante da Fetranspetro, Luciana Santos; da gerente do Setranspetro, Carla Rivetti, o Procurador Geral do município, Sebastião Médice e os vereadores Roni Medeiros e Meirelles de Sá.

 

CPTrans apresenta nova logomarca, sua missão, visão e valores

A nova logomarca da CPTrans foi apresentada pela presidente da Companhia, Maurinho Branco. Ela usa elementos fundamentais de suas premissas e objetivos, e pretende trazer à lembrança o propósito da existência da CPTrans, a questão humanitária do trânsito e transporte. Cada um dos componentes gráficos remete a uma questão fundamental do bem-estar social: natureza, mobilidade, transporte e inclusão fazem parte da nova gestão da Companhia.

“Nossa missão passa a ser melhorar a vida das pessoas a partir da mobilidade urbana. A nova visão a Companhia e estar ente as 10 empresas referência em gestão de mobilidade urbana no país e a 1ª na Região Serrana até 2020 e, para nortear isso, temos como valor a humildade, o comprometimento, a integridade, o respeito e a tolerância”, explicou o presidente.

 

Termo de Referência para a criação do Plano de Mobilidade é apresentado

As diretrizes para criação do Termo de Referência elaborado pela comissão do Conselho Municipal de Trânsito e Transportes (Comutran) foi apresentado durante a Conferência. O documento foi elaborado a partir dos estudos técnicos preliminares e contém elementos necessários para caracterizar o objeto da licitação, que, no caso é a empresa que ficará responsável pela criação do Plano de Mobilidade Urbana.

 

Conselheiros da Sociedade Civil são eleitos para o Comutran

A Conferência também serviu para a definição dos 11 membros do Conselho de Trânsito e Transportes e dos 11 suplentes.

Confira os nomes e o número de votos:

1 - Alessandra de Souza Cabral – 236 votos
2 – Carla de Souza Valle – 228 votos
3 – Larissa Pereira Decoló – 222 votos
4 – Cassia Machado Guimarães – 221 votos
5 – Pedro Thiago Queiroz Neri – 210 votos
6 – Peter Lourence Martins Carvalho – 209 votos
7 – José Paulo Ramos Martins – 208 votos
8 – Ordem dos Advogados do Brasil RJ 3ª Subseção Petrópolis – 184 votos
9 – Alexandre Carlos Hugueney – 136 votos
10 – Silvia Arantes Guédon – 81 votos
11 – Sindicato dos Bancários de Petrópolis – 69 votos

Suplentes:

12 – Iomar Bento Torres – 67 votos
13 – Ernani da Silva Rodrigues – 57 votos
14 – União Nacional dos Estudantes – 55 votos
15 – Simone Aparecida Mendes Ramos – 54 votos
16 – Sindicato dos Trabalhadores nas Industrias do Vestuário de Petrópolis – 48 votos
17 – Jorge de Botton – 47 votos
18 – Daniel Iliescu – 45 votos
18 – União dos Estudantes Secundaristas – 45 votos
20 – Associação Petropolitana dos Estudantes – 39 votos
21 – Agnes Dalzini – 33 votos
22 – Leonardo de Magalhães Bessa – 14 votos




 

 

Área do Município: 795.798 km²
População estimada (2013): 297.888 habitantes (95% alfabetizada)
Densidade Demográfica (2013): 371,85 habitantes/km²
PIB (2011): R$ 9.212.328.000,00 (R$ 30.925,47 per capta)
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (2010): 0,745 (13º dentre 92 no RJ)
Fonte: IBGE  
DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS