Petrópolis, 14 de Novembro de 2018.
Matérias >> Diálogos Intermunicipais
   
  Firjam promove encontro sobre o futuro da região

Data: 23/11/2011

Prefeitos e empresários dos municípios da Região Serrana se reuniram ontem, no Theatro D. Pedro, em Petrópolis, para planejar o futuro e apontar o que falta para que suas cidades possam receber novos empreendimentos a longo prazo. O evento Visões de Futuro – Potencialidades e Desafios da Região Serrana, organizado pela Firjan, promoveu o encontro do poder público com representantes do setor privado, para viabilizar a busca por novos investimentos. A possível perda de receitas dos royalties do petróleo, para os municípios que recebem esses recursos, é um fantasma que ainda assusta.
Presente ao evento, o deputado federal Hugo Leal (PSC/RJ) alertou que, nesta discussão sobre os royalties, é preciso evitar a todo custo a quebra de contratos já estabelecidos. “Isso seria uma tragédia. Uma coisa é deixar de ganhar, outra é perder. Estes recursos estão todos comprometidos. A presidente Dilma tem manifestado preocupação neste sentido. A expectativa agora é de uma discussão racional, que não represente perda de nenhum centavo do que já está comprometido. Caso contrário será uma catástrofe financeira”, alertou o deputado, em entrevista, no saguão do Theatro.
Para Hugo Leal, o evento promovido pela Firjan tem grande importância para que se possa planejar investimentos na área de infraestrutura. “É necessário preparar o terreno para receber novos investimentos. A perspectiva é de crescimento. Isso depende da ajuda dos empresários, mas principalmente do poder público, não só com planos para quatro anos de mandato, mas para o futuro da região. Temos muito o que aprender neste sentido” , disse.
Gerente de Infraestrutura e novos Investimentos do Sistema Firjan, Cristiano Prado apresentou um diagnóstico atual da região e explicou que o objetivo é criar um programa para os próximos anos. “As visões de futuro são caminhos possíveis para o prazo de 5 a 15 anos. Não é possível prever nenhum ‘mega investimento’ na região, o que é um desafio para os agentes públicos, que precisam criar então seus próprios motores”, disse Prado.
A Firjan fará um documento com o resultado do debate que será entregue aos candidatos às prefeituras das cidades serranas, no ano que vem, para ajudar os próximos governantes nesta missão de criar atrativos para a iniciativa privada, e, ao mesmo tempo, garantir infraestrutura, em um crescimento ordenado. Estiveram presentes os prefeitos Laerte Calil de Freitas (Areal), Gilberto José da Silva Leal (Paraíba do Sul), Paulo Mustrangi (Petrópolis), Anderson Zanon (Sapucaia), Adilson Faraco (São José do Vale do Rio Preto). Vinícius Medeiros Farah, de Três Rios, enviou um representante.

Fonte: Tribuna de Petrópolis, Terça-Feira, 22 de novembro de 2011, página 3.




 

 

Área do Município: 795.798 km²
População estimada (2013): 297.888 habitantes (95% alfabetizada)
Densidade Demográfica (2013): 371,85 habitantes/km²
PIB (2011): R$ 9.212.328.000,00 (R$ 30.925,47 per capta)
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (2010): 0,745 (13º dentre 92 no RJ)
Fonte: IBGE  
DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS