Petrópolis, 26 de Setembro de 2018.
Matérias >> Diálogos Intermunicipais
   
  Mobilização para o IRBEM - Indicadores de Referência de Bem-Estar no Município

Data: 15/06/2009

Prezados(as)


Recentemente enviamos uma mensagem solicitando o apoio de escolas, organizações da sociedade civil, igrejas, universidades e empresas na construção do IRBEM - Indicadores de Referência de Bem-Estar no Município (carta anexa).
O IRBEM quer identificar na opinião das pessoas o que é mais importante e valorizado para a qualidade de vida da cidade. A consulta pode ajudar a propor e a elaborar políticas públicas que atendam os níveis desejáveis e qualidade dos serviços públicos necessários à população.
O IRBEM visa também ir além daquilo que só depende dos poderes públicos. Buscará indicar mudanças culturais, comportamentais, pessoais, de grupos e de diversos setores da sociedade que podem perfeitamente fazer a sua parte em benefício de todos.
Falamos em atitudes cidadãs, da consciência de que é possível compartilhar os espaços coletivos, públicos, de todos. Queremos construir a ética da co-responsabilidade sociedade/estado para enfrentarmos os desafios do presente e começarmos, desde já, a acelerar as mudanças necessárias para a revalorização da vida, do meio ambiente, do nosso tempo presente, do tempo futuro de nossos filhos e netos, da cidade, do nosso país e do nosso planeta.
Este processo de mobilização inclui o engajamento de diversos setores da sociedade, desde o poder público até o setor privado.
Algumas sugestões de atividades que podem somar à mobilização pela construção do IRBEM:
1)Estimular o preenchimento do questionário online, disponível a partir do dia 15/6 no portal do Movimento Nossa São Paulo – WWW.nossasaopaulo.org.br
2) Realização de enquetes entre funcionários, colaboradores e comunidades com perguntas como “o que é importante para a sua qualidade de vida na cidade?” ou “o que faria você se sentir melhor em São Paulo?”;
3) Reuniões e/ou oficinas para preenchimento conjunto do questionário, com abertura para esclarecimento de dúvidas e contribuições.
4) Estimular reflexões e ações que visem a melhorar a qualidade de vida:
- Promoção de debates/palestras sobre qualidade de vida na cidade, provocando a reflexão sobre o conceito de bem-estar;
- Reportagens sobre qualidade de vida e a importância do IRBEM nos informativos internos e externos, na intranet e nos jornais murais;
- Promoção de concursos de trabalhos artísticos que retratem a São Paulo ideal para a qualidade de vida de cada um;
- incentivo à realização de ações que partam da própria comunidade e dos cidadãos para solucionar problemas pontuais e melhorar a qualidade de vida nos locais onde vivem e trabalham.
- incentivo à criação de comunidades virtuais (blogs, facebook, Orkut, flickr, Youtube ) que possam registrar e compartilhar conteúdo das ações desenvolvidas  relacionadas ao tema.
Para isso, o Movimento Nossa São Paulo produziu cartaz, folheto e banner virtual (http://www.nossasaopaulo.org.br/irbem.zip) que podem ser utilizados de forma livre por todos os parceiros que aderirem à mobilização pelo IRBEM.
É importante que todas as ações realizadas sejam comunicadas à Secretaria Executiva do Movimento para que haja maior sinergia nas atividades desenvolvidas em toda a cidade e para que sejam divulgadas no portal do Nossa São Paulo.
Lembramos que o cronograma do IRBEM é o seguinte:
De 15 de junho a 30 de setembro – Pesquisa preliminar com a população. As respostas servirão de base para que, a partir de outubro, o Ibope elabore uma grande pesquisa com amostragem técnica para envolver vários segmentos da sociedade. O questionário on-line estará disponível no portal WWW.nossasaopaulo.org.br e a versão impressa será distribuída em escolas, organizações da sociedade civil, universidades, empresas e em várias regiões da cidade. A população poderá responder sobre o que é mais importante para a qualidade de vida na cidade. Por exemplo: posto de saúde próximo de casa, coleta seletiva de lixo, horas de lazer, rios despoluídos...
Outubro – Seleção dos itens que foram citados na pesquisa como os mais importantes para a qualidade de vida da população. O Ibope vai incorporar tais itens na pesquisa anual do Movimento Nossa São Paulo para checar qual é o nível de satisfação e valorização em relação a eles.
Novembro – Aplicação da pesquisa Ibope com os paulistanos, em amostra proporcional aos vários segmentos da população. Depois disso, será feita a sistematização e a construção do IRBEM.
Janeiro de 2010, aniversário da cidade de SP – Lançamento público do IRBEM.
Para confirmar a sua adesão nesta mobilização, por favor, envie uma mensagem, para Zuleica Goulart, para o e-mail zuleica@isps.org.br.


Contamos com o seu apoio!

Obrigado.
Abraços,
Oded Grajew
Movimento Nossa São Paulo



Arquivos:

 Convite.doc


 

 

Área do Município: 795.798 km²
População estimada (2013): 297.888 habitantes (95% alfabetizada)
Densidade Demográfica (2013): 371,85 habitantes/km²
PIB (2011): R$ 9.212.328.000,00 (R$ 30.925,47 per capta)
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (2010): 0,745 (13º dentre 92 no RJ)
Fonte: IBGE  
DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS